logo
Entretenimento
Foto: Reprodução Twitter / Foto: Reprodução Twitter /
Entretenimento 02/07/2021

A sutil homenagem que Harry e William deixaram na estátua de Lady Di

Uma foto do arquivo pessoal dos príncipes Harry e William parece ter sido a inspiração para o escultor britânico que modelou a estátua de Lady Di. Entenda.

O estilo da estátua reflete os últimos anos de vida de Lady Di, mas a roupa resgata um look usado por ela em 1993, ao lado dos filhos. Entenda.

No dia 1 de julho foi inaugurada, nos jardins do Palácio de Kensington, uma estátua da princesa Diana. A cerimônia contou com a presença dos irmãos, os príncipes Harry e William, e com os familiares de Diana, seu irmão, Charles Spencer, e suas duas irmãs. Se estivesse viva, Diana completaria dia 1 de julho 60 anos e, foi por esse motivo, que o evento foi realizado nesta data.

A estátua foi modelada por Ian Rank-Broadley, o mesmo escultor britânico que criou o perfil da rainha Elizabeth que hoje é usado nas moedas do país, e instalada no remodelado Sunken Garden, um lugar de consolo e segurança para ela antes de morrer em 1997, localizado no Palácio de Kensington.

Um comunicado, divulgado pelo Palácio de Kensington através da imprensa britânica, explicava o visual da estátua: “o retrato e o estilo de vestir foram baseados no período final de sua vida, à medida que ela ganhava confiança em seu papel como embaixadora de causas humanitárias e visa transmitir seu caráter e compaixão”.

Imediatamente, os fãs da realeza descobriram que se tratava de um visual inspirado em uma das últimas fotos públicas de Lady Di ao lado de seus filhos. No cartão de Natal de 1993, Diana aparece com aparentemente a mesma roupa retratada pela estátua ao lado de Harry e William.

“A estátua pretende refletir o calor, a elegância e a energia de Diana, Princesa de Gales, além de seu trabalho e o impacto que ela teve em tantas pessoas. A figura de Diana, Princesa de Gales, está rodeada por três crianças que representam a universalidade e o impacto geracional da obra da Princesa”, completou o comunicado oficial.

Leia mais sobre a Família Real britânica:

Na conta oficial no Instagram do príncipe William e de Kate Middleton, foi postada uma foto da estátua e dos dois irmãos contemplando-a. Na legenda os dois irmãos assinam um texto em homenagem à mãe: “Hoje, no que seria o 60º aniversário de nossa mãe, lembramos seu amor, força e caráter, qualidades que a tornaram uma força para o bem em todo o mundo, mudando inúmeras vidas para melhor. Todos os dias, desejamos que ela ainda esteja conosco, e nossa esperança é que esta estátua seja vista para sempre como um símbolo de sua vida e de seu legado. Obrigado a Ian Rank-Broadley, Pip Morrison e suas equipes por seu excelente trabalho, aos amigos e doadores que ajudaram a fazer isso acontecer e a todos aqueles ao redor do mundo que mantêm viva a memória de nossa mãe. Príncipe William e Príncipe Harry”.

Quem são as crianças retratadas na estátua?

De acordo com a imprensa britânica, a decisão de incluir crianças na estátua de Lady Di faz menção à habilidade especial da princesa de se relacionar com as pessoas, especialmente os mais jovens. Para quem não lembra, principalmente nos últimos anos de sua curta vida, ela colaborou fortemente com muitas instituições de caridade com foco em crianças, incluindo hospitais infantis e apoio a jovens desabrigados. Além disso, a instituição beneficente Diana Award, iniciada em sua homenagem, também trabalha para desenvolver e inspirar mudanças positivas na vida dos jovens.

O Palácio de Kensington disse que Diana “ganhou confiança em seu papel como embaixadora das causas humanitárias” e que a estátua “visa transmitir seu caráter e compaixão”.

De acordo com a People, enquanto a realeza costumava usar chapéus e luvas em eventos, Diana optou por não fazê-lo durante saídas e noivados públicos. “Ela abandonou o protocolo real de usar luvas porque gostava de dar as mãos ao visitar as pessoas ou apertar as mãos e ter contato direto”, disse Eleri Lynn, curadora de uma exposição sobre o estilo de Diana, à People. “Ela também parou de usar chapéus porque disse: ‘Não se pode acariciar uma criança com um chapéu’”.