Entretenimento

Príncipe Harry declara guerra à BBC. Entenda

O Príncipe Harry enviou uma notificação de ação legal para a BBC após a divulgação de uma reportagem sobre sua filha recém-nascida. Entenda.

O Príncipe Harry ameaçou legalmente a corporação de mídia britânica após a divulgação de uma reportagem que afirmava que ele não teria falado com sua avó, a Rainha Elizabeth, sobre o nome que escolheu para a filha dele. Entenda a polêmica.

O Príncipe Harry está furioso mais uma vez com a BBC. A corporação britânica de mídia divulgou que a rainha Elizabeth não teria sido perguntada pelo Duque e pela Duquesa de Sussex sobre o nome de sua filha Lilibet. A BBC garantiu que a fonte é confiável e é de dentro do Palácio de Buckingham.

No último domingo, 6, Meghan Markle e Harry anunciaram o nascimento da filha através de um comunicado divulgado na página da organização sem fins lucrativos criada por eles, a Fundação Archerwell: “É com grande alegria que o Príncipe Harry e Meghan, o Duque e a Duquesa de Sussex, dão as boas-vindas a sua filha, Lilibet “Lili” Diana Mountbatten-Windsor, ao mundo. Lili nasceu na sexta-feira, 4 de junho, às 11h40, sob os cuidados de confiança dos médicos e da equipe do Santa Barbara Cottage Hospital em Santa Barbara, CA”, informou a nota.

O comunicado continua: “Tanto a mãe quanto a filha estão saudáveis ​​e bem, e se acomodando em casa. Lili recebeu o nome de sua bisavó, Sua Majestade, a Rainha, cujo apelido da família é Lilibet. Seu nome do meio, Diana, foi escolhido para homenagear sua querida avó, a princesa de Gales. Lili é o segundo filho do casal, que também tem um filho de dois anos chamado Archie Harrison Mountbatten-Windsor. O Duque e a Duquesa agradecem por seus votos calorosos e orações enquanto desfrutam deste momento especial como uma família”.

.

Leia mais sobre a Família Real britânica:

  1. Meghan Markle ganha indenização milionária. Entenda a polêmica que envolve o pai da Duquesa
  2. Após acusação de haters, Meghan Markle é defendida pela autora Corrinne Averiss
  3. Príncipes William e Harry não estão se falando, confirma especialista em Família Real
  4. Meghan Markle reaparece pela primeira vez após entrevista bombástica à Oprah

Ameaça legal

No entanto, fontes seniores do Palácio de Buckingham disseram ao correspondente real da BBC Jonny Dymond que a Rainha «nunca foi perguntada» sobre a decisão do casal de dar o nome de seu apelido de infância ao novo bebê.

Depois disso, o Príncipe Harry ameaçou a BBC com uma ação legal e também respondeu, através de uma declaração de Omid Scobie, jornalista amigo próximo de Meghan, que insistiu que a Rainha foi a primeira pessoa para quem ligou após o nascimento de sua filha.

O jornalista Scobie, que escreveu um livro sobre o casal em ‘Encontrando a Liberdade’, também afirmou que os Sussex não teriam usado o nome Lilibet a menos que a Rainha tivesse apoiado a mudança.

A notificação da ação legal foi seguida por uma declaração cuidadosamente redigida que insistia que a reportagem da BBC estava totalmente errada e dizia: “O Duque falou com sua família antes do anúncio, na verdade sua avó foi o primeiro membro da família para quem ligou. Durante essa conversa, ele compartilhou sua esperança de nomear sua filha Lilibet em sua homenagem. Se ela não tivesse apoiado, eles não teriam usado o nome”.

A BBC então alterou sua reportagem nesta quarta-feira, 9, embora o texto ainda continue intitulado “Harry and Meghan did not ask Queen to use Lilibet name – Palace source”, em tradução livre:  “Harry e Meghan não perguntaram à Rainha sobre usar seu nome – Fonte do Palácio”. 

O texto editado da reportagem da BBC mostra um conflito entre ambas as partes e apresenta as informações tanto Harry quanto as da fonte do Palácio de Buckingham estão falando a verdade. 

.

O que respondeu o Palácio de Buckingham

Questionado pelo Mail Online, o Palácio de Buckingham se recusou a comentar o assunto e a se posicionar. O assessor por trás do vazamento do Palácio para a BBC ainda é desconhecido, embora tenha sido divulgado que trata-se de um alto funcionário. 

Também não está claro se a rainha estava ciente do comentário da fonte, já que a monarca não confirma informações de altos funcionários, mesmo que sejam declarações anônimas.

Lilibet

O apelido “Lilibet” foi usado pela Rainha Elizabeth, agora com 95 anos, quando ela era criança e jovem demais para falar seu próprio nome. O apelido carinhoso foi usado pela primeira vez em público por por seu avô George V e, posteriormente, também por seu marido, o Príncipe Philip, que morreu no início deste ano.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos