logo
Entretenimento
Oscar se soma a quatro Grammy | Chris Pizzello-Pool/Getty Images / LOS ANGELES, CALIFORNIA - APRIL 25: H.E.R., winner of Best Original Song for "Fight For You" from "Judas and the Black Messiah," poses in the press room at the Oscars on Sunday, April 25, 2021, at Union Station in Los Angeles. (Photo by Chris Pizzello-Pool/Getty Images)Oscar se soma a quatro Grammy | Chris Pizzello-Pool/Getty Images / LOS ANGELES, CALIFORNIA - APRIL 25: H.E.R., winner of Best Original Song for "Fight For You" from "Judas and the Black Messiah," poses in the press room at the Oscars on Sunday, April 25, 2021, at Union Station in Los Angeles. (Photo by Chris Pizzello-Pool/Getty Images)
Entretenimento 27/04/2021

Saiba mais sobre H.E.R., que ganhou o Oscar de canção original

Glenn Close rebolou, Daniel Kaluuya agradeceu aos pais por terem feito sexo de maneira a concebê-lo. Anthony Hopkins dormiu e só soube ontem que venceu. Em um ano em que só de haver produções em número suficiente para concorrer ao Oscar já era motivo de festa, uma vitória em particular resumiu o espírito da premiação de 2021: a da misteriosa cantora H.E.R..

Intérprete e coautora de “Fight for You”, tema de “Judas e o Messias Negro”, melhor canção original, H.E.R. (acrônimo para Having Everything Revealed) é uma estrela em ascensão. 

Nascida Gabriella Sarmiento Wilson, na Califórnia, a cantora, 23 anos, é filha de mãe filipina e pai afro-americano. Ao lado da diretora Chloé Zhao, de “Nomadland”, da atriz Yuh-Jung Youn, de “Minari”,  e do próprio Kaluuya, por “Judas…”, ela representa a diversidade pela qual a Academia é cobrada há tempos.

Embora tenha se escondido dos fãs em seu lançamento como cantora adulta, ela está na batalha desde a infância. Aos 12 anos, atraiu atenção ao fazer um cover poderoso de “No One”, de Alicia Keys, no programa “The Today Show”. Pouco depois, assinou contrato com gravadora após participar de um reality show musical da Disney.

Mesmo assim, escolheu um caminho um pouco mais difícil. Seu primeiro álbum não tinha imagens de seu rosto ou uma biografia. Além do alter ego, se escondeu sob óculos escuros, que usa até hoje em público.

O Oscar novo em folha se soma aos quatro Grammy que já acumula, incluindo o  de canção do ano, que ela levou em março, por “I Can’t Breath”.  Com tão pouca idade, Gabi, como é chamada nos bastidores, só não consegue mais fazer segredo de tanto sucesso.