logo
Foto: Reprodução Instagram @theroyalfamily /
Entretenimento 17/04/2021

Onde assistir ao funeral do Príncipe Philip?

O funeral acontecerá no Castelo de Windsor e o corpo do Príncipe Philip deve ser velado por apenas 30 familiares e amigos próximos.

A pandemia da Covid-19 mudou o protocolo do funeral do Príncipe Philip, que acontece neste sábado, 17. Veja aqui os detalhes e onde assistir a cerimônia fúnebre.

Normalmente o funeral de um membro da Família Real britânica teria uma grande procissão, luto público e contaria com a presença de cerca de 800 pessoas. Mas, um porta-voz do Palácio de Buckingham informou que o funeral do Príncipe Philip será “muito reduzido” e “sem acesso ao público”. A cerimônia fúnebre será transmitida pela tv britânica neste sábado, 17, a partir das 15h, horário local de Londres, e 11h, no horário de Brasília.

O Duque de Edimburgo, marido da Rainha Elizabeth, será sepultado no Castelo de Windsor, a cerca de 50 quilômetros a oeste de Londres, e devido à pandemia, apenas 30 pessoas, a maioria parentes próximos, poderão comparecer ao funeral. O Príncipe Philip, faleceu na semana passada em casa, aos 99 anos, após um período de internação hospitalar devido a complicações ocasionadas por uma cirurgia no coração.

Antes do culto religioso, que deve começar por volta das 14h45 (horário local de Londres), haverá uma procissão cerimonial nos terrenos do Castelo de Windsor durante a qual, por desejo do próprio Príncipe Philip, seu corpo será transportado para a capela em um carro, da marca Land Rover, que o Duque de Edimburgo ajudou a modificar. O príncipe Charles será o guia da procissão, acompanhado por seus filhos, príncipes Harry e William. Outros membros da realeza também vão se juntar à procissão, incluindo os outros três filhos de Philip e da rainha Elizabeth: a Princesa Anne, o Príncipe Andrew e o Príncipe Edward, e também seus respectivos cônjuges. De acordo com fontes próximas à realeza, a Rainha Elizabeth não estará entre eles. A informação é da Vanity Fair.

Leia mais sobre a Família Real britânica:

No Reino Unido, BBC One, Sky e ITN começarão a cobertura da cerimônia às 8h30 (horário de Brasília), Moradores de outros países poderão acompanhar a transmissão ao vivo pelo canal norte-americano NBC News, que iniciará a transmissão a partir das 11h (horário de Brasília) por este link.

Foto: Reprodução Instagram @theroyalfamily


De acordo com a imprensa britânica, Daily Mail, The Times, Telegraph e The Guardian, a Rainha Elizabeth decidiu que todos deveriam comparecer em roupas civis, embora tenha permissão para usar suas medalhas, beneficiando diretamente o Príncipe Harry e o Príncipe Andrew, filho da Rainha. Fontes disseram ao tablóide The Sun que a Rainha decidiu que a maneira mais simples para resolver o impasse era que todos os membros da realeza usarem roupas civis: vestido de luto para as mulheres e, para os homens, gravata preta.

Um porta-voz de Downing Street confirmou que o Primeiro-Ministro britânico Boris Johnson não irá ao funeral. O político decidiu ceder o seu lugar para pessoas mais próximas do Príncipe Philip. Após o funeral, a família permanecerá em luto por duas semanas, segundo o protocolo real. Isso significa que eles continuarão a usar suas faixas de luto em todos os compromissos públicos.

Vida e morte do Duque de Edimburgo

Foto: Reprodução Instagram @theroyalfamily

O Príncipe Philip, morreu na manhã do dia 9 de abril, aos 99 anos. Na conta oficial da Família Real no Instagram (@theroyalfamily), foi postada uma foto do Duque de Edimburgo com a legenda: “É com profunda tristeza que Sua Majestade a Rainha anunciou a morte de seu amado marido, Sua Alteza Real, o Príncipe Philip, Duque de Edimburgo. Sua Alteza Real faleceu pacificamente esta manhã no Castelo de Windsor. A Família Real junta-se a pessoas de todo o mundo no luto por sua perda”.

Príncipe Philip era atraído pelos temas relacionados ao esporte, às tecnologias e à proteção do meio-ambiente. Ele foi patrono de mais de 800 organizações e instituições de caridade e compareceu a mais de 22.000 compromissos reais antes de se aposentar de funções públicas em 2017.

Foto: Reprodução Instagram @theroyalfamily

Depois de se formar em Gordonstoun, uma famosa escola pública britânica, em 1939, Philip se alistou na Marinha Real e lutou durante a Segunda Guerra Mundial, o que lhe rendeu uma ascensão ao posto de Tenente Comandante. Philip conheceu a Rainha Elizabeth, então Princesa Elizabeth, também em 1939, quando ele a conduziu ao Royal Naval College, onde ele estava estudando. Elizabeth, então com 13 anos, teria se apaixonado rapidamente por seu príncipe de 18 anos.

Os dois iniciaram uma correspondência e mantiveram contato durante a guerra. Em 1946, Philip pediu ao pai de Elizabeth, o rei George VI, seu consentimento para pedir sua mão em casamento. O noivado real foi anunciado um ano depois, depois que Elizabeth completou 21 anos, e depois que Philip se naturalizou como cidadão britânico. Ele precisou desistir de seus títulos reais europeus.

Foto: Reprodução Instagram @theroyalfamily

O casamento real aconteceu em novembro de 1947. A partir desse momento, Philip renunciou a todos os seus títulos reais anteriores e passou a ser conhecido pelo título de Duque de Edimburgo. Além disso, o pai da Rainha Elizabeth (que ainda era princesa nessa época), o rei George VI, concedeu a Philip o título de ‘Sua Alteza Real’ um dia antes do casamento. Os dois foram casados por 73 anos.