logo
Montagem buscou canções populares e menos conhecidas / DivulgaçãoMontagem buscou canções populares e menos conhecidas / Divulgação
Entretenimento 15/04/2021

‘Orquestra’: Espetáculo de dança celebra Villa-Lobos em live

Em um auditório vazio no Masp (Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand), centro de São Paulo, a Studio3 Cia. de Dança espera grande público. Isso porque hoje, às 19h, eles apresentam o espetáculo “Orquestra”, em transmissão ao vivo no YouTube e no Facebook do museu.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

A montagem celebra Heitor Villa-Lobos (1887 – 1959), um dos mais respeitados compositores brasileiros da música clássica. Em 43 anos de atividade, ele assinou mais de duas mil obras, sendo considerado o grande expoente do modernismo no país.

“O sonho de Villa-Lobos era fazer o Brasil cantar. Seu desejo era despertar o interesse dos jovens e formar um público para a música por meio do canto coletivo, usando o coro como ferramenta”, conta Anselmo Zolla, que assina a direção coreográfica do espetáculo, ao Metro. “Essa apresentação é uma homenagem ao talento deste grande brasileiro e uma tentativa de reencontrá-lo.”

Com tantas composições possíveis para a trilha sonora, “Orquestra” busca fugir do senso comum, mesclando canções populares com outras menos conhecidas. E seguindo o desejo de Villa-Lobos, o espetáculo transcende a dança, com bailarinas entoando versos de “Melodia Sentimental” e da cantiga de roda “Nesta Rua”. “São alguns momentos simbólicos de união entre a música popular, a erudita e a dança contemporânea”, diz Zolla.