logo
Foto: Reprodução Instagram / Foto: Reprodução Instagram /
Entretenimento 15/04/2021

A referência à Lady Di em foto postada pelo Príncipe William no Instagram

A foto escolhida pelo Príncipe William foi feita em Norfolk, em 2015. Norfolk é o lugar de nascimento de Lady Di.

Uma foto postada na conta oficial do Príncipe William no Instagram levantou hipóteses sobre uma possível referência à Lady Di. 

Os membros da Família Real britânica vêm fazendo uma série de homenagens ao Príncipe Philip, marido da Rainha Elizabeth, falecido na última sexta-feira, 9, em casa. Uma das fotos postadas no perfil oficial do Príncipe William e de Kate Middleton tem chamado a atenção dos especialistas em realeza. Junto com a mensagem, o Duque de Cambridge também compartilhou uma foto de família tirada por Kate Middleton em Norfolk, em 2015, mostra o Príncipe Philip sentado ao lado do filho mais velho de William e Kate, o príncipe George, no que parece ser uma carruagem puxada por cavalos.

Leia mais sobre a Família Real britânica:

A foto foi postada na conta @kendingtonroyal, na última segunda-feira, 12. Na legenda, William descreve o avô como um homem extraordinário, que soube desempenhar o seu papel como membro da Coroa britânica. “O século de vida do meu avô foi definido pelo serviço: ao seu país e à Comunidade, à sua esposa e rainha, e à nossa família. Sinto-me sortudo por não ter apenas seu exemplo para me guiar, mas também sua presença duradoura em minha própria vida adulta, tanto nos momentos bons quanto nos dias mais difíceis”.

O Príncipe William seguiu descrevendo o avô: “Sempre serei grato por minha esposa ter tido tantos anos para conhecer meu avô e pela gentileza que ele demonstrou com ela. Nunca vou dar por garantidas as memórias especiais que meus filhos sempre terão de seu bisavô vindo buscá-los em sua carruagem e vendo por si mesmos seu contagiante senso de aventura, bem como seu malicioso senso de humor!”

E continua: “Meu avô foi um homem extraordinário e parte de uma geração extraordinária. Catherine e eu continuaremos a fazer o que ele teria desejado e apoiaremos a Rainha nos próximos anos. Sentirei saudades do meu avô, mas sei que ele gostaria que continuássemos com o trabalho”.

Um significado adicional

A foto foi tirada em Norfolk por Kate Middleton, em 2015. A Princesa Diana nasceu em Sandringham, Norfolk, na Inglaterra, em 1º de julho de 1961 em Park House em Sandringham, uma propriedade alugada na propriedade da Rainha. 

A família Spencer descende de uma longa linhagem de aristocratas e é próxima da Família Real britânica há décadas. A avó de Diana era uma dama de companhia da Rainha Mãe e a Rainha Elizabeth II inclusive compareceu ao casamento de seus pais.

Diana teve uma infância e cresceu em uma propriedade de Norfolk. De acordo com sua ex-babá, Inge Crane, ela era “muito, muito fofa”. “Sempre houve algo especial sobre Park House. É difícil dizer o que é”, disse Crane à CNN.

Althorp costuma ser considerada o lar de sua infância da Princesa de Gales, mas suas primeiras raízes foram em Norfolk. Até a mãe de Diana, Frances Burke Roche, nasceu em Park House em 1936, no mesmo dia em que o Rei George V morreu em Sandringham House.

Lady Diana cresceu com três irmãos, Sarah, Jane e Charles. Em 1967, sua mãe, Frances, deixou o pai para ficar com Peter Shand Kydd, um herdeiro de uma fortuna na Austrália. Em 1969, eles se casaram após um divórcio amargo que afetou a jovem Diana para sempre.

O último dos Spencers deixou Park House em 1974 e, em 1983, a Rainha Elizabeth doou a casa para a instituição de caridade Leonard Cheshire. Em 1987, ele abriu suas portas como um hotel rural acessível para pessoas com uma variedade de condições, incluindo Parkinson, paralisia cerebral e lesões na coluna vertebral.

Um avô presente

Philip esteve ao lado de Harry e de William quando da morte da Princesa Diana, em 1997. Ele caminhou junto aos netos no funeral da Princesa de Gales e mostrou preocupação sobre como a morte da mãe iria impactar na vida dos príncipes. “Estávamos todos conversando sobre como William e Harry deveriam estar envolvidos e de repente veio a voz do príncipe Philip”, disse um ex-diretor de relações governamentais ao Evening Standard do Reino Unido, lembrando uma teleconferência com o duque antes do funeral. “Não tínhamos ouvido falar dele antes, mas ele estava muito angustiado. ‘É sobre os meninos’, gritou ele, ‘Eles perderam a mãe’”.