logo

Seria o Duke de Hastings, de ‘Bridgerton’ o novo rei de Wakanda? Qual será o futuro de Pantera Negra?

Crazy Day and Nights, um blog que publica rumores de Hollywood, publicou que Regé-Jean Page estaria sendo cotado para ser o novo Pantera Negra. Os rumores foram alimentados pela saída do ator do elenco da temporada 2 de ‘Bridgerton’, produção original da Netflix.

O post do blog, que seria dirigido por um advogado com conexões na indústria do cinema norte-americano, lançou uma dúvida na cabeça dos fãs: “Qual estrela estrangeira vinda daquela série em um famoso streaming é a primeira na fila para o papel do super-herói da Marvel?”. O jornal argentino Clarín, também publicou no seu site que o ator estaria sendo cotado para se tornar o protetor da nação africana das telonas.

Quais as opções na mesa?

O rumor gerou um forte debate nas redes sociais e dividiu os fãs entre os que acham que Regé-Jean Page será o novo Pantera Negra e os que apostam que Shuri, a irmã do rei de Wakanda, vai ser a protagonista de ‘Pantera Negra 2’. Até o momento, a Marvel não fez comentários sobre o tema, embora venha repetindo há meses que Chadwick Boseman não seria substituído no novo filme de super-herói.

Anteriormente, surgiram outras informações de que a Marvel estaria avaliando usar efeitos de computação gráfica para recriar novas cenas com Chadwick Boseman em ‘Pantera Negra 2’, mas os rumores logo foram negados pelo próprio estúdio.

Porém, a jornalista Grace Randolph, informou através da sua conta no Twitter de que a Marvel ainda alimentaria essa opção e que o roteiro da sequência de ‘Pantera Negra’ poderia o T’Challa morrendo em uma batalha logo no início do filme. Por conta disso, sua irmã, Shuri, seria a substituta do rei de Wakanda.

Leia mais sobre filmes e séries:

Em uma entrevista ao The Hollywood Reporter, o diretor e roteirista Ryan Coogler comentou como era difícil continuar a sequência sem o ator principal. Ele disse que Chadwick era a “cola que unia tudo”. Ele confessou que precisou uniu forças para continuar desenvolvendo a trama do super-herói após a morte de Chadwick, que era isso que o ator gostaria ver acontecendo. “É difícil. Você tem que continuar quando perde um ente querido. Sei que Chad não gostaria que parássemos. Ele era alguém muito voltado para o coletivo. Seria mais difícil para mim interromper a produção do que continuar. Eu o sentia gritando comigo, tipo, ‘O que você está fazendo? Então continue’”, disse Coogler.

Ryan Coogler também era amigo de Chadwick e falou também sobre a falta que o amigo faz: “Eu sinto a falta dele de todas as maneiras que você pode sentir falta de alguém, como um amigo, como um colaborador. E é uma merda, porque adoro assistir filmes e não conseguirei assistir a próxima coisa que ele teria feito. Portanto é um luto em vários níveis, mas então vem este profundo sentimento de gratidão porque posso fechar os meus olhos e ouvir sua voz”.

A morte de Chadwick

Em 2016, Chadwick Boseman foi diagnosticado com câncer de cólon e, apesar do tratamento, ele faleceu em agosto de 2020, aos 43 anos. O Rei T’Challa era um personagem icônico, um super-herói negro que concordava com as reivindicações dos direitos civis dos afro-americanos nos Estados Unidos.

Chadwick Boseman representou o orgulho afro-americano em uma Hollywood do século 21 que ainda está muito longe da igualdade racial nos cinemas. Ele deu vida a esse super-herói da Marvel em quatro filmes, mas apenas em um deles, o ‘Pantera Negra’ de 2018, ele mergulhou em sua história e na de seu reino, Wakanda.

‘Pantera Negra’ teve um orçamento de US $ 220 milhões de dólares, um investimento que se mostrou lucrativo, já que o filme gerou US $ 1,35 bilhão em todo o mundo.