logo
Entretenimento
Foto: Reprodução Instagram @sussexroyal / Foto: Reprodução Instagram @sussexroyal /
Entretenimento 07/04/2021

Harry e Meghan anunciam primeira série com a Netflix

Uma série documental será a primeira série do casal para a Netflix feita através de sua produtora.

Uma série documental que acompanha atletas paralímpicos será a primeira produção do casal real em parceria com a Netflix.

A atuação militar é um dos temas que mais chamam a atenção do Príncipe Harry que, em 2014, fundou os Jogos Invictus, uma competição de estilo paralímpico para militares feridos e veteranos. Trata-se de um evento esportivo internacional e a história desses atletas deve ser o tema da série documental.

“Como primeira série da Archewell Productions com a Netflix, em parceria com a Invictus Games Foundation, eu não poderia estar mais animado com a jornada à frente ou mais orgulhoso da comunidade Invictus por inspirar continuamente a cura global, o potencial humano e o serviço contínuo”, dizia o comunicado oficial emitido em nome do Príncipe Harry.

A Archewell Productions, a produtora de Harry e Meghan, lançou um comunicado oficial na última terça, 6, anunciando a nova produção do casal, que será realizada junto com a Netflix. ‘Heart of Invictus’ é o título provisório do projeto e o roteiro acompanhará os atletas enquanto eles se preparam para os Jogos Invictus na Holanda, agora programados para acontecer em 2022 por conta da pandemia da Covid-19.

Leia mais sobre a Família Real:

“Desde os primeiros Jogos Invictus em 2014, sabíamos que cada competidor contribuiria de maneira única e excepcional para um mosaico de resiliência e determinação. Esta série dará às comunidades em todo o mundo uma janela para as histórias emocionantes e edificantes desses concorrentes em seu caminho para a Holanda no próximo ano”, disse o Príncipe Harry em um comunicado oficial da produtora.

O diretor britânico vencedor do Oscar em 2017 Orlando von Einsiedel e a produtora Joanna Natasegara vão liderar o projeto. Além de ser produtor executivo de ‘Heart of Invictus’, o príncipe Harry também aparecerá na série documental.

“A série de vários episódios unirá os competidores enquanto eles treinam e, ao longo do caminho, revelará histórias poderosas de resiliência e esperança. A série também acompanhará os organizadores enquanto trabalham para se preparar para os Jogos, adiados para a próxima primavera”, informa o comunicado do projeto.

A série vai fornecer financiamento para a Fundação Invictus Games, que realiza os jogos. “Estamos muito entusiasmados com a oportunidade de destacar os holofotes globais da Netflix a história de homens e mulheres com quem trabalhamos, a fim de garantir que ainda mais pessoas possam ser inspiradas por sua determinação e firmeza no trabalho em prol de sua recuperação”, disse Dominic Reid, executivo-chefe da Invictus Games Foundation. “Esta parceria também trará um financiamento significativo para a instituição de caridade. Somos extremamente gratos ao nosso Patrono Fundador por seus esforços contínuos para apoiar a comunidade militar e por fazer essa parceria acontecer”.

“O duque e a duquesa de Sussex e a equipe da Archewell Productions estão construindo um ambicioso projeto que reflete os valores e as causas que eles valorizam. Desde o momento em que os conheci, ficou claro que os Jogos Invictus têm um lugar muito especial em seus corações, e eu não poderia estar mais feliz que sua primeira série para a Netflix mostrará isso para o mundo de uma forma nunca vista antes”, disse Ted Sarandos, co-CEO e diretor de conteúdo da Netflix.

Uma parceria que deve render mais frutos

Em setembro do ano passado, o casal real assinou um contrato de vários anos com a Netflix. A produtora dos dois, a Archewell Productions, será responsável por projetos de documentários, longas-metragens e programas infantis feitos sob encomenda para a Netflix.

Na época, Meghan e Harry, disseram através de comunicado oficial: “Nossas vidas, independentes um do outro e como casal, nos permitiram entender o poder do espírito humano: de coragem, resiliência e a necessidade de conexão. Por meio do nosso trabalho com diversas comunidades e seus ambientes, queremos jogar luz em pessoas e em causas por todo o mundo. Nosso foco será a criação de conteúdo que informa, mas também dá esperança”.