Efeitos da pandemia no cinema: conheça o gênero ‘quar-horror’, do filme Host.

Por Camilla Viegas

O ano é 2020 e a humanidade vive a pandemia da COVID-19. Você está fazendo quarentena e impossibilitado de sair de casa, a não ser para atividades essenciais. Isolado, você tem a ideia de fazer uma reunião virtual com os seus amigos, cada um na sua casa por Zoom. Um deles tem a ideia de fazer uma brincadeira de evocação de espíritos. Tudo parece tranquilo, até que coisas estranhas começam a acontecer.

Essa é a sinopse de Host, um filme rodado durante a pandemia pelo diretor Rob Savage, que conseguiu criar, escrever, filmar e editar um filme inteiro estado confinado. Inicialmente disponível somente na plataforma americana de streaming Shudder, Host chega à Netflix abrindo alas para subgênero do cinema de horror que deve se popularizar ainda mais, o quar-horror.

Leia mais:

Uma narrativa que se passa completamente através de telas de computadores, tablets ou celulares: essa é a proposta do quar-horror. Embora a técnica em si não seja inédita, ela tem se consolidado com a pandemia da COVID-19 para que a indústria do cinema não parasse suas produções.

Em 2018, por exemplo, o filme ‘Buscando…’ se focou em narrar uma história inteiramente sob o ponto de vista de quem está vendo a tela de um computador. A trama se concentra no desaparecimento de uma adolescente e a busca de um pai desesperado através de pistas no computador e redes sociais da garota.

Listamos alguns filmes desse gênero nas plataformas de streaming para você maratonar.

Host – Netflix

Buscando… – TelecinePlay

Amizade desfeita – TelecinePlay

 

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo