Príncipe Harry quer negociar títulos com a Coroa

Por Camilla Viegas

Três títulos militares do príncipe Harry podem ser objeto de batalha entre ele e sua avó, a rainha Elizabeth II. Enquanto esteve servindo às forças armadas britânicas, Harry foi Capitão-General da Marinha Real, Comandante Honorífico da Força Aérea Real e Comodoro-Chefe da Marinha.

De acordo com o jornal britânico The Telegraph, o príncipe Harry não estaria disposto a abrir mão de suas condecorações militares, já que foram conseguidas com base em esforço próprio. Porém alguns desses títulos pertencem à Coroa britânica e a negociação deve ser feita diretamente com a rainha Elizabeth II.

Uma fonte próxima ao príncipe garantiu ao jornal que ele está “arrasado por ter que renunciar aos seus títulos” e que a negociação deve acontecer em março de 2021.

 

Leia mais:

harry e meghan Foto: Divulgação

Em janeiro do ano passado, Harry e Meghan Markle anunciaram o afastamento dos cargos de alto escalão da realeza britânica. De acordo com o comunicado oficial publicado na época, "Após meses de reflexão e discussões internas, nós escolhemos fazer uma transição em 2020 e começar a desempenhar um papel progressivo dentro desta instituição. Vamos dar um passo atrás como membros sêniores da família real e trabalhar para nos tornarmos financeiramente independentes".

Na prática, a renúncia significa que o casal não seguem usando o título de “Sua Alteza Real” e não recebem financiamento público. Em setembro do ano passado, os dois assinaram um contrato milionário com a Netflix, cuja proposta inclui séries, filmes, documentários e programas infantis.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo