Figurino da série O Gambito da Rainha ganha exposição virtual no Museu do Brooklyn

Por Camilla Viegas

Você lembra do frenesi que o filme O Diabo veste Prada causou pelo simples fato de ser ambientado no mercado editorial de moda? Provavelmente, você também vai lembrar dos figurinos icônicos das protagonistas da série Sex and the City e, nos últimos meses, em Emily em Paris. Recentemente, outra série chamou a atenção dos críticos de moda.

O Gambito da Rainha, uma produção original da Netflix, tem colecionado críticas e principalmente elogios sobre o figurino. Para quem gostou da série, é possível visitar de forma virtual a exposição The Queen and The Crown e conferir de perto o figurino de Gambito da Rainha e da quarta temporada de The Crown. Tudo isso em uma plataforma desenvolvida em flash e ouvindo a trilha sonora das duas séries.

 

Leia mais:

 

Gambito da Rainha Reprodução/ Netflix

 

Ambientada nas décadas de 50 e 60, a série Gambito da Rainha mostra a protagonista Beth Harmon, vivida pela atriz Anya Taylor-Joy, como uma talentosa jogadora de xadrez. À medida que a protagonista vai evoluindo e crescendo, tanto como competidora quanto como mulher, o figurino também vai mudando. No início, Beth é vista com vestidos e sapatos sem glamour mas, à medida que vai crescendo, podemos ver peças clássicas do guarda-roupa Jackie Kennedy, Audrey Hepburn e Grace Kelly. Tecidos nobres, cortes impecáveis e uma cartela de cores suaves transformam o guarda-roupa da jovem em um clássico atemporal.

Gambito da Rainha Reprodução/ Netflix

Acompanhar o figurino ganha ainda mais sentido se verificamos sua relação com a trama: a transformação de uma menina em uma mulher, em meio a uma sociedade machista e em um ambiente dominado pelos homens. Beth consegue fama, independência financeira e respeito sem deixar de lado seu cabelo ruivo e sua maquiagem impecável.

A série é baseada no romance homônimo de Walter Trenvis, de 1983, e adaptada pelo diretor Scott Frank. A responsável pelo figurino é a estilista Gabriele Binder,que também assinou In the Land of Blood and Honey (2011), de Angelina Jolie, e Never Look Away (2018), indicado ao Oscar.

Visite aqui a exposição.

Loading...
Revisa el siguiente artículo