Festival de Luzes projeta artes digitais em edifícios e monumentos de São Paulo

Por Metro World News

Quem passou à noite pelo Centro no fim de semana teve um “gostinho” de normalidade quando se fala em agenda cultural. O Festival de Luzes de São Paulo chega à terceira edição, projetando arte digital por edifícios, monumentos e comunidades da cidade. A programação gratuita vai até 9 do próximo mês e pode ser acompanhada ao ar livre ou por streaming no perfil oficial do evento no Instagram.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Vale Outubro

Este ano, o festival alcança outras partes da capital e integra o calendário da Virada Sustentável, que vai até o dia 18. Pontos em São Matheus, na Zona Leste, no Beco do Batman, na Vila Madalena, e o Parque do Ibirapuera também serão iluminados por projeções, intervenções, workshops e uma apresentação inédita que mistura performance suspensa e balé de drones.

Atração da semana

Na segunda semana do festival, a atração é a videoinstalação “Tudo Se Transforma o Tempo Todo”, de Elka Andrello, produzida em stop motion, técnica de animação que utiliza uma série de imagens fixas dispostas de maneira sequencial.

A exibição será no mesmo ponto da estreia, no Edifício Anchieta, na avenida Paulista com a rua da Consolação, durante o fim de semana prolongado de feriado de Nossa Senhora Aparecida, entre sexta e segunda-feira, das 19h às 23h59.

A artista digital acompanha o rapper Rincon Sapiência em shows e já trabalhou com Gaby Amarantos e o DJ Alok. Para esse trabalho, ela deu vida a objetos como uma boneca e uma cadeira usando ilustração, estêncil, motion design e lettering. 

Loading...
Revisa el siguiente artículo