Especial John Lennon 80 anos: os 3 melhores álbuns solo do ex-beatle, para ouvir no Spotify

Por Brenno Quadros

John Lennon foi muito mais que um cantor e compositor de sucesso. Graças ao seu ativismo pela paz mundial e à sua morte trágica, o ex-beatle passou a ocupar no imaginário popular o mesmo lugar que ocupam figuras heróicas como Mahatma Gandhi e Martin Luther King.

Em outubro de 2020, ele completaria 80 anos. E, apesar de já ter nos deixado há quase 40, sua obra segue viva e vem sendo descoberta pelas novas gerações através dos serviços de streaming, como o Spotify.

LEIA MAIS:

Para celebrar os 80 anos de John Lennon, preparamos uma lista com os 3 melhores álbuns da carreira solo do ex-beatle para você ouvir e reouvir até cansar (se é que isso é possível). Confira abaixo:

Plastic Ono Band (1970)

Após três álbuns experimentais ao lado de sua mulher, a artista plástica japonesa Yoko Ono, John Lennon finalmente lançou o seu primeiro álbum solo ‘pra valer’. ‘Plastic Ono Band’ é cru e visceral. Suas letras são praticamente uma sessão pública de terapia, abordando temas como abandono parental e isolamento. Em ‘God’, faixa de encerramento do álbum, Lennon cravou a máxima ‘the dream is over’ (‘o sonho acabou’), jogando uma pá de cal na esperança de um dia ver os Beatles juntos novamente.

Imagine (1971)

Além de sua faixa-título (o maior sucesso da carreira solo de John Lennon), o álbum ‘Imagine’ deu ao mundo maravilhas como ‘Jealous Guy’, ‘Oh My Love’ e ‘How’. Entretanto, a faixa mais polêmica do álbum é ‘How do You Sleep?’: sua letra ataca seu antigo companheiro de banda e parceiro de composição, Paul McCartney, que – segundo John – o teria atacado primeiro, na letra de ‘Too Many People’.

Double Fantasy (1980)

Em 1975, John decidiu entrar em recesso para ajudar na criação de seu filho mais novo, Sean Ono Lennon. Entretanto, sua volta, após cinco anos de hiato musical, foi triunfal. ‘Double Fantasy’, dividido com Yoko, apresentou ‘(Just Like) Starting Over’, seu último single, que se tornou um hit após o seu assassinato, em dezembro de 1980, pouco depois do seu aniversário de 40 anos.

Vale também fazer menções honrosas aos menos conhecidos 'Mind Games' (1973) e 'Walls and Bridges' (1974), que inclui o sucesso 'Whatever Gets You Thru The Night', parceria de John Lennon e Elton John.

LEIA MAIS:

Loading...
Revisa el siguiente artículo