Entretenimento

Queixa de Anitta faz Google mudar definição de ‘patroa’ em dicionário

Patroa é patroa, não é mesmo? Na semana passada, Anitta foi ao Instagram com uma indignação legítima: as definições de «patrão» e «patroa» no dicionário do Google eram muito diferentes e desprestigiaram totalmente a mulher. O Google entendeu o recado e atualizou o verbete.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.
Antes, enquanto patrão é  «proprietário ou chefe», a mulher era «mulher do proprietário».

Agora, quem fizer uma busca vai encontrar da seguinte maneira:

«Proprietária ou chefe de um estabelecimento privado comercial, industrial, agrícola ou de serviços, em relação aos seus subordinados; empregadora». Ou ainda «a chefe de uma repartição pública».

Bem melhor, não é?

Em nota oficial, a Google Brasil afirmou que trabalha com conteúdo licenciado de dicionários parceiros e que tem a missão de tornar as informações «acessíveis e úteis para todos». Segundo a empresa, a Oxford Languages, responsável pelas definições de «patroa» e «mulher-solteira», removeu as definições criticadas. Estas, portanto, já não estão mais disponíveis nos resultados de dicionário exibidos na Busca.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos