John Boyega, de Star Wars, faz emocionante discurso durante protestos em Londres

Por Metro World News

Desde a eclosão dos protestos motivados pelo assassinato do segurança americano George Floyd, pelas mãos da polícia, na semana passada,  John Boyega, o Finn de "Star Wars", tem demonstrado ser uma das principais vozes entre os artistas a respeito do racismo estrutural. Nesta quarta-feira (3), durante protesto no Hyde Park, em Londres, o ator britânico fez um discurso inspirado que emocionou a multidão.

"Somos representantes materiais de apoio a George Floyd", disse ele. E continuou, citando outros nomes de pessoas pretas vítimas de violência policial, como Sandra Bland, Trayvon Martin e Stephen Lawrence.

"Estou falando de todo coração. Não sei se terei uma carreira depois disso, mas foda-se. Hoje falamos de pessoas inocentes que deixaram a vida pela metade. Não sabemos o que George Floyd poderia ter conquistado, não sabemos o que Sandra Bland poderia ter conquistado, mas hoje nós vamos nos assegurar que nossos jovens não pensem que isso [pensar em futuro] seja algo além de seus limites", disse ele, que se emocionou muito.

Em lágrimas, ele continuou. "Preciso que vocês entendam o quanto essa merda é dolorosa. Preciso que vocês entendam o quão doloroso é ser lembrado todos os dias que a minha raça não significa nada. E não é esse o caso mais. Nunca foi o caso", disse.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo