Gabriela Pugliesi perde patrocínio e seguidores após furar quarentena

Por Metro World News

A digital influencer Gabriela Pugliesi se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais neste domingo (26), após furar a quarentena e reunir amigos em sua casa na noite de sábado (25). A blogueira foi uma das primeiras celebridades a testar positivo para o novo coronavírus, em março.

Os vídeos gravados pela influencer durante a festa circularam na internet e causaram polêmica, o que fez com que ela perdesse pelo menos 8 mil seguidores no Instagram. Marcas que patrocinavam a blogueira foram cobradas pelos internautas e suspenderam os contratos. Entre elas estão Hope, Desinchá, Baw Clothing, Liv Up, Kopenhagen, Fazenda Futuro, LBA e Evolution Coffee.

"A Rappi apoia todas as medidas de prevenção contra a COVID-19 e não concorda com qualquer irresponsabilidade nesse sentido. Por isso escolhemos encerrar a parceria. Incentivamos todas as alternativas de prevenção e para diminuição da disseminação do vírus", escreveu a Rappi, aplicativo de entrega, em nota.

"Ficamos surpresos com esse recente acontecimento. Nos inteiramos de toda a situação e resolvemos suspender a parceria com a influenciadora. Ressaltamos que não concordamos de forma alguma com o que houve e deixamos claro que sempre seguimos todas as recomendações da OMS no combate ao COVID-19. Qualquer outra dúvida, conte com a gente", disse a marca de pipoca Mais Pura.

Veja também:
Vídeo captura golfinhos brilhando no mar ao atravessar ‘ondas bioluminescentes’
La Casa de Las Flores: série da Netflix cita Bolsonaro como sinônimo de burro em episódio

Pugliesi se manifestou nas redes sociais e publicou um vídeo em que afirma estar "extremamente arrependida". Nos comentários, recebeu bronca de vizinhos, que reclamaram do barulho e do desrespeito à quarentena. A atriz e humorista Tatá Werneck também fez críticas a blogueira e afirmou que o comportamento dela foi "inadmissível".

“Gabriela vc vai me achar uma babaca depois desse comentário. Mas eu acho menos importante isso do que alertar as pessoas. Tão pedindo caminhão pros hospitais . Pq tá um caos. Minha prima médica ( que pegou ) chega chorando em casa. Pq eles JÁ tem que escolher sem salvar. Vc já teve. Está teoricamente “imune”. Eu acho que essa atitude , ainda mais pra um monte de gente que te segue e se inspira na sua vida saudável foi inadmissível”, escreveu Tatá.

Veja as notas de algumas marcas que suspenderam contrato com a blogueira: 

 

View this post on Instagram

A Desinchá foi fundada com a visão de criar um mundo onde cuidar do corpo e cuidar da mente fossem a regra. Um mundo onde saúde fosse recorrente, diária e simples. Antes mesmo do Covid-19 chegar por aqui, a Desinchá já tomava medidas para proteção dos nossos colaboradores, clientes e fornecedores, garantindo a segurança no trabalho e dos nossos produtos. De medidas simples às mais complexas. Desde o início deste momento tão delicado que estamos vivendo, postamos aqui no Instagram no dia 13 de março pedindo para que seguissem as recomendações dos órgãos competentes. Estamos aqui para reiterar esse pedido, e reforçar essa importância. Criar ainda mais conteúdos sobre saúde, hábitos saudáveis na quarentena e bem estar também está sendo o nosso compromisso. Nossa equipe trabalha incansavelmente sem medir esforços para manter este comprometimento. Cada um da sua casa, é claro (entramos em home office antes mesmo de ser uma recomendação dos órgãos de saúde). Quando a missão de mostrar uma saúde mais simples saiu do papel, nos referimos à simplicidade em todas as frentes. Em produtos, serviços e até mesmo em atitudes, como o ato básico de seguir uma recomendação importante. Não apoiamos atitudes que estejam desalinhadas a esse posicionamento e estamos suspendendo as atividades com parceiros que tenham se posicionado de forma diferente. A nossa missão nos serviu de guia nesse momento delicado e, apesar das dificuldades do agora, acreditamos que o momento vai nos trazer grandes aprendizados. Já está trazendo. Mantenham-se todos bem e contem conosco. 💚

A post shared by Desinchá (@desincha) on

 

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo