Joaquin Phoenix dá rara declaração sobre a morte do irmão, River Phoenix

Por Metro World News

Nos anos 1990, Joaquin Phoenix, um dos favoritos ao Oscar de melhor ator em 2020, era um artista aspirante à sombra do irmão mais velho. A morte trágica de River, em 1993, no auge da carreira, era um assunto que o intérprete de "Coringa" raramente fala. Em entrevista ao programa "60 Minutes", o ator falou que o assédio da imprensa tornou o luto da família ainda mais pesado.

River tinha 23 anos quando morreu de overdose acidental dentro no clube noturno Viper, que pertencia a Johnny Depp, em Los Angeles. Depois de surgir em papéis infantis, como no clássico "Conta Comigo",  se destacou como a versão jovem de Indiana Jones em "A Última Cruzada"(1989) e "Garotos de Programa (1991), de Gus Van Sant.

River Phoenix River em "Indiana Jones e a Última Cruzada˜, de 1989 / Reprodução

"Nós éramos muito distantes do mundo do entretenimento. Nós não assistíamos a programas de TV, não tínhamos revistas de entretenimento na nossa casa. O River era um ator conhecido e nós não compreendíamos isso. Quando estivemos mais vulneráveis havia uma agressividade da mídia com helicópteros em cima da gente, pessoas invadindo a nossa casa. Isso com certeza prejudicou o meu processo de luto", disse Joaquin, que é quatro anos mais jovem que o irmão.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo