Masp segue com mostras de ciclo dedicado ao feminismo

Por Sara Tavares - BandNews FM

As duas exposições que finalizam o ciclo "Histórias das Mulheres, Histórias Feministas", tema de 2019 no Masp (Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand), continuam em cartaz. O museu fica no centro de São Paulo, na avenida Paulista, 1578.

Até o dia 1º de março, o público pode conferir a mostra com obras da alemã Gertrud Goldschmidt, a Gego, que fugiu do Nazismo para a Venezuela. São 150 trabalhos entre esculturas, desenhos, gravuras e tecidos.

Veja também:
Série ‘Messiah’, da Netflix, também causa polêmica entre religiosos
Meghan Markle assina contrato com Disney e destinará cachê para defesa animal

O visitante do Masp ainda pode ver neste início de ano uma exposição dedicada à artista portuguesa Leonor Antunes, uma das principais do país europeu. A mostra também está na Casa de Vidro, no Morumbi, em São Paulo, dois edifícios projetados pela arquiteta Lina Bo Bardi.

Em entrevista exclusiva à Rádio BandNews FM, Leonor Antunes disse que é uma honra ter trabalhos expostos no Brasil. A portuguesa conta que acompanha o trabalho de Lina Bo Bardi e elogia o uso da cultura popular brasileira na obra da arquiteta.

Leonor Antunes fala também que estuda as obras de outras mulheres com perfis semelhantes que, apesar de enfrentarem dificuldades como a guerra, conseguiram seguir atuando. A mostra com obras da artista portuguesa fica em cartaz até o dia 12 de abril no Masp.

Loading...
Revisa el siguiente artículo