Homem insere a si mesmo em 'A Bela Adormecida' para pedido de casamento que emocionou internet

Por Metro World News

O produtor de videos Lee Loechler fechou um cinema em Boston, nos Estados Unidos, para fazer o pedido de casamento para sua namorada de adolescência, a médica Sthuthi David. Até aí, poderia ser mais uma história viral sobre casais fofos e grandes ideias. Mas, com a ajuda da ilustradora australiana Kayla Coombs, Loechler criou um plano digno de conto de fadas que tem emocionado a internet desde a última quinta-feira (9), quando o vídeo desse momento foi publicado em redes sociais.

Leia mais:
Crianças ‘denunciam’ vizinha que não devolveu bola após brincadeira na rua

Stuthi foi convidada por Loechler para uma sessão de "A Bela Adormecida", animação preferida dela. O casal sentou-se nas primeiras fileiras da sala de exibição e, logo que a projeção começou, a médica já começou a achar algo estranho. O filme começou do fim, já com a cena da princesa deitada, esperando o beijo salvador do Príncipe Encantado. Aurora também não era como a  da Disney: se parecia muito com Stuthi, com longos cabelos negros e pele morena.

Mais à frente, quando o vídeo avança, o Príncipe também não é o de sempre: é a cara de Lee! De repente, em um movimento, o produtor se levanta do assento e pega algo no ar: é a caixinha de aliança que o personagem atirou.

Veja tudo abaixo:

O elaborado pedido demorou seis meses para ficar pronto e Stuthi se surpreendeu quando olhou para trás e viu que o restante de público da sala de cinema era todo de amigos e familiares de ambos. "Meu Deus, eu achei que havia algo errado com o filme!", disse ela, emocionada.

Para finalizar o desenho, a ilustradora estudou fotos do casal e incluiu até a maneira com que Stuthi franze as sobrancelhas quando está confusa na adaptação da personagem.

Lee, além de trabalhar na animação, fez um discurso bem-humorado e incluiu termos técnicos para falar do coração, já que a amada é cardiologista. Por fim, a questão: "Quer viver feliz para sempre comigo?". Ela disse SIM.

Agora, com o pedido aceito, tudo que Lee quer é não ser acionado judicialmente pela Disney, que detém os direitos da animação clássica, lançada em 1959. Em seu perfil do Instagram, ele pede: "Por favor, não me processe, Disney".

Loading...
Revisa el siguiente artículo