Entretenimento

Música que marcou ‘Grey’s Anatomy’ é a mais tocada do século no Reino Unido

Não é de hoje que certas músicas ganham ainda mais popularidade graças a uma série ou filme e podem marcar trilhas sonoras para sempre. Isso foi o que aconteceu quando «Chasing Cars», da banda Snow Patrol, marcou diversos momentos de «Grey’s Anatomy», o exitoso e mais longo drama médico da ABC.

O single que foi usado em ao menos cinco episódios e também fez parte do marketing da série, foi apresentado esta semana como o mais tocado do século no Reino Unido, passando em torno de 166 semanas no Top 100, de acordo com o The Guardian.

Gary Lightbody, o vocalista da banda, descreveu a canção como “emocionalmente aberta e simples”, apontando que ela é “também descaradamente uma canção de amor” que unifica a o público e rende um momento lindo toda vez que é tocada.

Em entrevista ao Telegraph, a banda falou sobre a relação da canção com Grey’s Anatomy: «Eles nos perguntaram se poderiam usar a pista seis semanas antes de estrear nos Estados Unidos, então nos esquecemos. Então fomos dormir uma noite e acordamos na manhã seguinte com Chasing Cars como a número um do iTunes dos EUA durante a noite”, revelaram.

https://www.youtube.com/watch?v=tFgk9PfjKF8

O sucesso foi tanto que posteriormente virou tema do episódio musical “Song Beneath the Song”, sendo cantada por Sara Ramírez , Kevin McKidd e Chandra Wilson. Relembre:

Além de interpretá-la, Gary Lightbody também é o compositor da música e revela que a escreveu quando ficou sóbrio depois de uma bebedeira de vinho branco, sentado em um jardim.

Em entrevista à Rolling Stone , ele explicou: “É a mais pura canção de amor que eu já escrevi. Não há reviravoltas”, acrescentando que diferente das outras canções de amor que já escreveu, está não tem um lado sombrio.

O músico também revelou que a expressão «Chasing Cars» veio do seu pai, que a usou para se referir à atitude do filho quando estava apaixonado por alguém: “Você é como um cachorro correndo atrás de um carro. Você nunca vai pegá-lo e não saberia o que fazer se o alcançasse”.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos