Entretenimento

Ilustrador britânico usou talento nos quadrinhos para conquistar a mulher

A gente sabe, tem pessoas que fazem de tudo para conquistar aquela paquera. Pete Duffield, ilustrador do Reino Unido, desenhou uma vez sua namorada para impressioná-la.  Tomou tanto gosto que não parou mais – e olha que desde então já se passaram cinco anos!

Os desenhos que Duffield posta no Instagram (@kellie_and_petegeralmente contêm histórias humoradas da vida de sua família – sim, o casal teve uma filha!

Os usuários da rede social adoram as ilustrações onde Pete e Kellie (agora sua esposa) estão na cama fazendo algo engraçado. E, adivinhe, eles também amam esses desenhos!

Como você começou a desenhar as histórias da sua família?
Como já era ilustrador, desenhar Kellie foi algo bem natural. Em um de nossos primeiros encontros, ela descobriu com o que eu trabalhava e me pediu para desenhá-la. Foi aí que começou.
Então, criar um quadrinho não era sua ideia inicial?
Surgiu por acaso. A coleção de desenhos foi ficando maior aos poucos, porque é realmente divertido documentar coisas bobas que dizemos ou fazemos. Fui escrevendo uma lista de ideias no celular à medida que situações engraçadas iam acontecendo com a gente e, no começo, confesso que usava os desenhos para tentar impressioná-la. Costumava desenhar todas as noites, tirar uma foto e mandar para ela. Não havia a intenção de colocá-los nas redes sociais ainda. Muitos, inclusive, nunca foram divulgados, como os que fiz durante nossa lua de mel.
É difícil achar ideias para os desenhos?
Eu já fiz umas 700 ilustrações para ela até agora (e mais de 350 foram compartilhadas no Instagram). Então, você já deve imaginar, não é difícil criar novos desenhos. Minha lista de acontecimentos engraçados ou memoráveis está sempre crescendo. A vida é assim: cheia de situações que quero capturar – especialmente quando se tem uma criança.
Quais são suas ilustrações favoritas?
As nossas favoritas, e as mais populares, são as que estamos na cama dizendo ou fazendo bobagens. As pessoas parecem se identificar com elas. Também gostamos bastante daquelas que capturam momentos importantes da vida – como o nascimento e os primeiros passos de Poppy.
E os desenhos que nunca foram publicados?
Há definitivamente alguns que não compartilhamos. Nossa vida sexual nunca é discutida nos desenhos e, a Kellie, nunca vista nua. Nudez só é feita comicamente, de um jeito inocente.
O que está por vir?
Temos muitas ideias! Vamos vender imagens em breve pela primeira vez e, se for um sucesso, vamos fazer também cartões comemorativos. No final do ano, pretendemos abrir uma campanha no Kickstarter, site de financiamento coletivo, para publicar um livro com as ilustrações.

 

Conheça mais sobre a família abaixo:

 

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos