Entretenimento

Johnny Depp rejeitou versão de ‘Piratas do Caribe 5’ que tinha mulher como vilã

Depois de protagonizar um divórcio cheio de problemas com Amber Heard – inclusive sendo acusado de violência doméstica – e virar alvo de falatório por estar supostamente indo à falência, foi divulgado que o ator Johnny Depp teria rejeitado uma versão do roteiro de “Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar” porque uma mulher faria o papel de vilã.

Segundo informação revelada pelo roteirista Terry Rossio, que escreveu os roteiros dos quatro primeiros filmes da franquia, Depp teria argumentado que não queria que o longa ficasse parecido com “Sombras da Noite”, de Tim Burton, em que dividiu a telona com uma vilã interpretada por Eva Green.

Leia mais:
Johnny Depp demite empresária por falta de dinheiro, diz jornal
Amber Heard processa Johnny Depp por não pagar divórcio

“Minha série de TV ‘Magical Law’ não aconteceu depois que Gore Verbinski decidiu dirigir ‘O Cavaleiro Solitário’ no lugar. Nossa versão de ‘Lightspeed’ foi colocada de lado quando a Disney comprou ‘Star Wars’. Minha versão de A’ Vingança de Salazar’ foi descartada por ter uma mulher como vilã e Johnny Depp ficou preocupado de ficar parecido com ‘Sombras da Noite’, que também teve uma vilã mulher. Claro, também há a possibilidade de todos esses roteiros serem simplesmente ruins. Mas geralmente quando leio um roteiro que não foi feito, ele é melhor do que o filme que chega aos cinemas. Muitas vezes basta uma simples decisão de uma pessoa simples, feita por capricho, pode destruir anos de criação de história e de mundo”, afirmou o roteirista em seu blog.

Por conta da rejeição de Depp, o roteiro do quinto filme da saga acabou indo parar nas mãos de Jeff Nathanson (“Prenda‑me se For Capaz”).

“Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar”, que estreia nesta próxima quinta-feira (25), conta com Javier Bardem como vilão.

Veja o trailer do filme:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos