Entretenimento

‘Não machuquei ninguém’, afirma cantor Victor Chaves, após ser indiciado

Após ser indiciado por agressão pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), o cantor Victor Chaves, da dupla sertaneja Victor & Léo, se pronunciou na noite desta última terça-feira (4) pelas redes sociais e afirmou não ter machucado sua esposa, Poliana Bagatini Chaves, que está grávida.

«Pessoal, eu venho a público para esclarecer uma coisa de diante da qual surgiram e surgem incontáveis boatos. Eu fui indiciado legalmente, por vias de fato: contravenção. Ou seja, eu não machuquei ninguém. O que eu pratiquei foi um ato de desespero para conter uma pessoa que estava completamente fora de si de pegar uma criança de 1 ano. E pela minha filha o que eu fiz eu faria de novo. Então tudo está sendo apurado devidamente», declarou.

Leia mais:
Cantor sertanejo Victor é indiciado em Minas Gerais por agredir esposa
Laudo dá negativo para lesão de Victor contra mulher

Na sequência, Léo Chaves compartilhou o vídeo do irmão e escreveu uma mensagem de apoio: «Do seu lado meu irmão! Sempre! De mãos dadas! Sua obra e sua arte são intocáveis! Nós construímos nossa carreira a partir disso, nenhuma vírgula a mais. Sou Pai de três filhos, e faria o mesmo para defendê-los, em qualquer situação parecida! Ainda mais sabendo do que aconteceu minutos antes. Tudo vai se esclarecer. Tô contigo e não abro mão IRMÃO! Toda mulher merece ser respeitada e honrada. Mais que isso, a mulher merece ser representada por exemplos de conduta ética, moral e limpa. Fico pensando na minha sobrinha crescendo diante disso tudo! Essa consciência sim, evitaria ações oportunistas e representaria muito bem uma verdadeira mulher e Mãe!!».

Entendo o caso
Após ter registrado um boletim de ocorrência alegando ter sido empurrada e chutada diversas vezes pelo marido, Poliana foi até o IML de Belo Horizonte para realizar o exame de corpo de delito. Dois dias depois, uma suposta carta em que ela negava a agressão foi publicada num perfil no Instagram. O perfil, porém, foi deletado algum tempo depois.

No dia 13 de março, e Divisão Especializada no Atendimento à Mulher, ao Idoso e à Pessoa com Deficiência (Demid) de Belo Horizonte anunciou que o laudo do Instituto Médico Legal sobre lesão corporal contra Poliana deu negativo.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos