Entretenimento

Livro sobre transatlânticos na costa brasileira faz leitor viajar no tempo

Os textos e as 400 imagens coletadas, entre fotografias, mapas e cartazes, destrincham mais de um século da navegação marítima no país desde a instalação da primeira linha regular com a Europa, em 1951, com a Mala Real Inglesa, até seu declínio, no fim dos anos 1960.

Leia também:
Projeto social rende livro de fotografias que capta a emoção da torcida brasileira
Natureza lapidada é tema do fotolivro ‘Abrolhos: Terra e Mar’

Os autores mostram a importância da ligação regular do Brasil com a Europa e os EUA, que ajudou a moldar hábitos culturais de um país ainda em desenvolvimento, e não esquecem de citar a presença da terceira classe e da classe dos emigrantes, mesmo que não haja registros dessas alas em imagens.

Os recursos visuais dão um charme único à publicação e apresentam a visão idílica que as empresas estrangeiras tinham dos cenários brasileiros, cheios de cor e exotismo, em cartazes desenhados em estilos que acompanhavam cada época, como o art nouveau, o art déco e o cubismo.

Os trajetos pelo mar ainda acontecem, mas trocaram, em boa parte, o “joie de vivre” pelo kitsch. Ler o livro é o caminho mais próximo para se transportar ao passado e se imaginar no meio de tanto luxo, em um tipo de viagem que já valia por si só.

Veja galeria de imagens do livro:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos