Entretenimento

Após três anos afastada, Avril Lavigne anuncia disco para 2017

A popstar canadense Avril Lavigne anunciou em sua conta na rede social Instagram que voltou a trabalhar e que vai lançar um álbum no ano que vem. A cantora de hits como “Sk8er Boy” e “Girlfriend” lançou seu último disco em 2013 e estava afastada do trabalho desde então para tratar um rara e grave doença, a borreliose de Lyme.

Avril não revelou se já está curada, mas escreveu que está compondo músicas novas e que também pretende voltar aos palcos em 2017. “Mal posso esperar para me abrir e compartilhar o meu coração com vocês. Estou animada para que vocês escutem as novas músicas”, postou ela, ao lado de uma foto na qual está sentada ao piano.

Leia também:
Perto de completar 30 anos, Avril Lavigne lança seu quinto álbum
Conheça doenças que poderiam ter acabado com a vida de alguns ídolos

A doença que tirou a artista dos palcos nos últimos anos é transmitida por carrapatos que são vetores da bactéria Borrelia burgdorferi e causa problemas musculares e neurológicos. Após ser diagnosticada, Avril criou uma fundação que leva seu nome e é dedicada a angariar fundos para pesquisar a enfermidade.

O tratamento é duro e, ainda segundo Avril, terá consequências no resto de sua vida. “Não tem sido apenas uma batalha difícil, mas também tem sido esclarecedor e isso irá refletir em minhas novas músicas, na minha arte, vida e pessoalmente”, escreveu a cantora, que pouco tem aparecido até mesmo em suas redes sociais.

A doença de Lyme interrompeu uma carreira de muito sucesso. A canadense, hoje com 32 anos, explodiu já com seu primeiro álbum, “Let Go”, de 2002, e se tornou uma das artistas mais famosas de sua geração, sendo chamada de “princesa do pop-punk”.

Ela lançou outros quatro discos de estúdio até 2013 e vendeu mais de 50 milhões de cópias ao redor do mundo. “Complicated”, hit de seu primeiro disco, ficou no 9º lugar em uma votação da revista norte-americana «Rolling Stone» para eleger as 100 melhores canções da primeira década deste século.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos