Entretenimento

15ª edição de festival mineiro reúne 11 bandas de surf music de todo o país

Um som selvagem, caracterizado pela temática ligada à praia e regrado de elemento do rockabilly e do rock instrumental dos anos 50 e 60, aporta neste fim de semana na capital mineira e arma palco no bar A Obra (r. Rio Grande do Norte, 1168 – Savassi; tel.: 3215-8077. Ingressos a R$25), durante a 15ª edição do festival ‘Primeiro Campeonato Mineiro de Surfe’.

Com um lineup que conta 11 bandas locais e de outros Estados, o evento tem como meta dar espaço a artistas da nova geração que produzem  este gênero musical no Brasil.

Leia mais:
Iron Maiden traz nova turnê a São Paulo com ingressos esgotados
Rihanna recupera o primeiro lugar da parada de discos Billboard 200

Entre os destaques da programação estão as bandas Retrofoguetes, de Salvador, uma das mais antigas de surf music no Brasil; o trio carioca Beach Combers, e os grupos paulistas The Mullet Monster Mafia e Gasolines.

Distorção e som instrumental
Surgido nos Estados Unidos durante a década de 1950, o Surf Music ganhou popularidade com o fortalecimento do rock instrumental. Geralmente composto por melodias rápidas, dominadas pelo som de guitarras reverberadas, o gênero ficou consagrado com o surgimento de artistas como The Ventures, The Ventures, The Beach Boys e Link Wray.

No Brasil, o estilo teve como principais expoentes as bandas The Clevers e The Jet Blacks, ainda na época da Jovem Guarda.

Considerado o mais antigo festival de Surf Music da América Latina, a festa pretende provar que mesmo depois de seu surgimento – há cerca de 65 anos –  o estilo continua ainda relevante.

 

Destaque para os shows desta sexta, 25, e sábado, 26:

•  Sexta (25), a partir das 22h.
Jubarte Ataca (RN)
Kozmic Gorillas (PR)
The Mullet Monster Mafia (SP)

•    Sábado, a partir das 22h.
Os Brutus (SP)
Gasolines (SP)
Retrofoguetes (BA)

 

Confira a programação completa do evento no site: aobra.com.br

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos