Entretenimento

Jazz nos Fundos se transforma no Centro Cultural da Música Instrumental

Com nove anos de atuação, o Jazz nos Fundos passou por sete meses de reforma para reabrir neste fim de semana ampliado, completamente repaginado e com novo nome.

A partir de agora, o espaço localizado na r. Cardeal Arcoverde, 742, em Pinheiros, passa a se chamar Centro Cultural da Música Instrumental (CCMI) e apresenta duas salas de show.

Leia também:
Jimmy Page testemunha em caso de suposto plágio em ‘Stairway to Heaven’
Scorpions anuncia show extra em São Paulo em turnê de 50 anos

“No começo parecia loucura ter uma casa dedicada só a isso. Disseram que não havia público, mas criamos uma base que acreditamos ser possível crescer. A ideia é que o espaço vire um ponto de encontro de amantes da música e músicos”, afirma o sócio-proprietário Máximo Levy.

A novidade vai na contramão do fechamento recente de casas como o Tom Jazz, mas Levy é otimista. “Trazemos um pouco de ar fresco para essa cena, que já é muito sofrida, e fazemos questão de ter preços baixos para que ela seja para todo mundo.”

Em agosto, o centro inaugura ainda de um restaurante de gastronomia espanhola. Até lá, vale conferir os shows. A banda Aláfia toca nesta sexta-feira (17), às 21h, seguida pela Batanga & Cia à 0h. No sábado (18), a Banda Mantiqueira e Udovic Trio tocam nos mesmos horários. Os ingressos custam a partir de R$ 25.

Veja como o ficou o projeto arquitetônico do Centro Cultural da Música Instrumental:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos