Entretenimento

Centenário do samba é celebrado em painéis na avenida Paulista

Identificado como um gênero próximo das classes operárias, o samba será celebrado a partir deste domingo (1º), Dia do Trabalho, no principal cartão postal de São Paulo: a avenida Paulista.

Ao longo de 1 km de extensão, serão expostos retratos de nomes como Beth Carvalho, Clara Nunes, Ataulfo Alves, Cartola, Dona Ivone Lara, Clementina de Jesus, João Nogueira e Pixinguinha, totalizando 30 painéis de 4 m x 3 m situados entre as ruas Augusta e Pamplona.

Leia também:
Tribunal nomeia banco para proteger patrimônio do cantor Prince
Manu Gavassi faz ensaio sexy e reclama de Photoshop: ‘Nem me reconheço’

Organizada pela União Geral dos Trabalhadores (UGT), a exposição “Os Trabalhadores e os 100 Anos do Samba” tem por objetivo celebrar não apenas o centenário do samba, que será comemorado em novembro deste ano, mas também exaltar os personagens cantados em clássicos do gênero, que, desde o seu início, tem se dedicado a contar com poesia e ritmo os dramas e alegrias proletários.

A exposição também ressalta o próprio caráter trabalhador dos sambistas, muitos dos quais conciliavam a música com seus ofícios, e procura ressaltar a diversidade a partir de nomes de períodos e estilos distintos do gênero musical.

A pesquisa das imagens foi feita pelo jornalista Celso de Campos Jr, autor da biografia de Adoniran Barbosa, e a curadoria e edição das fotos é da DOC Galeria.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos