Entretenimento

Sesc exalta mulheres cineastas de língua francesa em mostra com sete filmes

A Festa Internacional da Francofonia destaca em sua programação, a partir de hoje, a Mostra de Cinema da Francofonia, que vai exibir até o dia 31, no Sesc Vila Mariana, sete filmes de sete mulheres cineastas francófonas.

A abertura, hoje, às 16h, fica com “Aya” (2011), de Clément Oubrerie e Marguerite Abouet. O longa, que mostra as diferentes ambições de duas amigas, volta à tela na sexta, às 20h. Ainda nesta terça, mas às 20h, é a vez de “Minha Irmã” (2012), obra de Ursula Meier, que terá reprise sexta, às 16h.

Leia também:
Neil Patrick Harris vai estrelar versão de ‘Desventuras em Série’ para o Netflix
Grupo percussivo japonês explora força de tambores tradicionais

Amanhã e no dia 22, ambos às 20h, tem “Sarah Prefere Correr” (2013, na foto), de Chloé Robichaud. “Gabrielle” (2013) (amanhã, às 20h; dia 30, às 20h), de Louise Archambault, conta a história de uma jovem com Síndrome de Williams que possui um dom para a música.

Em “Tapete Vermelho” (2014) (quinta, às 20h; dia 23, às 20h), de Frédéric Baillif e Kantarama Gahigiri, um jovem trabalha com garotos do subúrbio na construção de um roteiro de cinema. Justine Triet apresenta “A Batalha de Solferino” (2013) (quinta, às 20h; dia 24; às 20h).

Por fim, “Chantal Akerman, de Cá” (2010) (dias 29 e 31, às 20h), de Gustavo Beck e Leonardo Luiz Ferreira, mostra uma entrevista com a realizadora belga Chantal Akerman.

Serviço:

No Sesc Vila Mariana (r. Pelotas, 141; tel.: 5080-3000). De 15 a 31/3. R$ 12.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos