Entretenimento

Matthew McConaughey fala sobre a péssima recepção de seu novo filme em Cannes

Matthew McConaughey não recebeu um “boas-vindas” caloroso em Cannes na semana passada na apresentação de seu novo filme “The Sea of Trees”, dirigido por Gus Van Sant – o longa foi vaiado pela imprensa. O Metro conversou com o ator sobre essa apresentação desapontante e sua experiência anterior no festival.

Há três anos, você veio a Cannes para apresentar os filmes “Amor Bandido” e “Obsessão”. Todo esse sucesso impactou sua vida?
É apenas um novo capítulo do mesmo livro. Não sou arrogante, tomo minhas decisões baseado em outros critérios. Eu escolho filmes que eu gostaria de assistir e que me intrigam mesmo antes de eu saber qual personagem irei interpretar e como. Não estou em busca de nenhum tipo de aprovação. Mesmo que algumas pessoas não gostem, sempre levarei comigo o porquê de tê-los feito. O que está feito, está feito.

Você está se referindo a maneira fria como “The Sea of Trees” foi recebido? 
Não. Eu sequer penso sobre isso. Todos são livres para vaiar ou aplaudir, desde que sejam capazes de explicar porque amaram ou odiaram. Às vezes algumas pessoas escrevem más avaliações antes mesmo de terem visto o filme pelo simples fato de não gostarem de mim. Isso não é justo.

Você se sente mal quando recebe críticas ruins?
Eu prefiro que as pessoas gostem de meus filmes, mas eu não fico me torturando quando isso não acontece. Tenho mais o que fazer. E seja lá o que eles digam, estou completamente disposto a explicar porque decidi participar do filme. É a única coisa que realmente importa para mim.

Você tem essa mesma filosofia quando um filme é bem sucedido, como foi o caso de “Interestelar”?
Claro. Não importa qual filme fizer, meu trabalho não é te convencer a ir vê-lo ou não. Eu apenas compartilho minha experiência. Não faço marketing. Já fiz isso no passado quando achava que tinha que “vender” meus filmes, mas agora amo minhas experiências no set mais do que tudo e essa é minha única recompensa.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos