logo
Entretenimento
Entretenimento 30/04/2015

Grupo Dzi Croquettes volta a SP após 40 anos para três apresentações

Cenas de ‘Dzi Croquettes em Bandália’ | Divulgação

Cenas de ‘Dzi Croquettes em Bandália’ | Divulgação

Era o começo da década de 1970 quando 13 homens se reuniram em um espetáculo teatral e se tornaram símbolo da contracultura em uma época delicada – a tensa ditadura militar brasileira.

Com bom humor, ousadia, ironia e inteligência, eles montaram o grupo Dzi Croquettes. Quarentas anos depois, essa marcante história do teatro brasileiro está de volta a São Paulo com nova formação. “Dzi Croquettes em Bandália” será apresentado desta sexta a domingo, em sessões gratuitas, no Teatro João Caetano.

Sob a direção de Ciro Barcelos, integrante da formação original, o espetáculo mostra a história de um grupo de atores que, inspirados pelo documentário “Dzi Croquettes” (2009), decidem viver experiências teatrais baseadas no espírito libertário da trupe. Além de Barcelos, outros dois “dzis” dos anos 1970 estão envolvidos com o revival: Bayard Tonelli, no elenco, e Claudio Tovar, como figurinista.

“Vivíamos uma ditadura naquela época, mas mesmo assim sinto que tínhamos uma busca mais intensa pela liberdade”, comenta Barcelos. “Montar esse espetáculo hoje em dia tem mais a ver com recuperar a cultura do teatro brasileiro usando nossa ideologia, revivendo de certa forma toda essa linguagem cênica e oferecendo a essa nova geração todo o vislumbre.”

O espetáculo segue a essência de sua origem, com forte apelo da dança, na época coreografada pelo norte-americano Lennie Dale, líder do grupo. “Nosso treinamento é bem similar ao que aprendi com Lennie, que nos colocava três, quatro horas de ensaios seguido”, conta Ciro, que ao montar o espetáculo em 2011 não foi atrás de bailarinos. “Eu queria personalidade, homens que estivessem dispostos a se superar, a estar no palco e se permitir a tudo o que o espetáculo propõe”.

Aos 62 anos, Ciro ainda vislumbra muitos anos em cartaz com a nova montagem. “Quero rodar o Brasil. Também estamos marcando datas em Nova York”, finaliza o empolgado líder Dzi.

Serviço: No Teatro João Caetano (r. Borges Lagoa, 650, Vila Clementino; tel.: 5573-3774). Sexta e sáb., às 21h; dom., às 19h. Grátis. Os ingressos devem ser retirados uma hora antes do início da sessão.