logo
Entretenimento
Entretenimento 22/04/2015

‘Os Vingadores – Era de Ultron’ promete superar filmes anteriores da Marvel

Quando estreou, em 2012, “Os Vingadores” se revelou uma aposta da Marvel e da Disney de que a migração dos heróis das HQs para o cinema era mesmo definitiva.

Se havia alguma dúvida sobre isso, ela foi sanada com os resultados de bilheteria. Ao reunir os principais heróis da casa, a produção rendeu a terceira maior arrecadação da história, com US$ 1,5 bilhão, atrás apenas de “Titanic” (US$ 2,1 bi) e “Avatar” (US$ 2,7 bi).

De lá para cá, a franquia de heróis se consolidou e se espalhou ainda para a TV e o streaming. Com isso, a continuação “Os Vingadores – Era de Ultron” estreia nesta quinta-feira com a missão de superar seu antecessor e, quem sabe, subir posições nesse ranking. (Confira trailer no fim do texto)

Ainda infalível, a fórmula adotada pelo diretor Joss Whedon é a mesma de 2012: equilibrar ação e humor em partes iguais, bem como o peso de cada personagem, e reforçar valores humanos e familiares, não sem antes fazer os protagonistas se desentenderem e precisarem passar por jornadas de autoconhecimento para fazerem as pazes e salvarem o mundo.

O vilão da vez, já anunciado no título, é Ultron (voz de James Spader), robô guiado por inteligência artificial criado por Tony Stark (Robert Downey Jr.) e Bruce Banner (Mark Ruffalo), a princípio, com propósitos pacíficos. A criatura, no entanto, entende que esse objetivo só seria alcançado com a extinção da humanidade e se rebela contra os criadores. Para completar, o monstro tem dois aliados com agenda própria: Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen) e Mercúrio (Aaron Taylor-Johnson).

O melhor de “Era de Ultron” é perceber que os atores estão cada vez mais à vontade em seus papéis, resultando em relações bem azeitadas e gostosas de serem vistas.

Como é de praxe, a trama deixa várias pontas para serem arrematadas pelos próximos filmes-solo dos heróis – inclusive após os créditos –, dando pano para muita discussão entre os fãs de cultura pop até a estreia de “Infinity War – Parte 1”, próximo longa dos Vingadores, previsto para 2018.

os-vingadores