logo
Entretenimento
Entretenimento 21/04/2015

MIS apresenta exposições de fotografia e celebra Vivian Maier

Imagem capturada pela fotógrafa em Chicago na década de 1960 | Vivian Maier/Maloof Collection/Divulgação

Imagem capturada pela fotógrafa em Chicago na década de 1960 | Vivian Maier/Maloof Collection/Divulgação

Criado em 2012 pelo Museu da Imagem e do Som, o projeto Maio Fotografia cresce a cada ano – tanto que traz agora uma das mostras mais celebradas do momento, “O Mundo Revelado de Vivian Maier”.

Babá por cerca de 40 anos, Vivian Maier (1926-2009) nunca mostrou em vida seu dom de fotografar pessoas e situações com um olhar poético e delicado. A obra da americana foi descoberta por acaso por um historiador, e uma pequena (mas significativa) parte dela compõe a exposição, que totaliza 101 fotografias – 79 em P&B e 22 coloridas –, 5 contact sheets e 9 filmes em super-8.

Outras quatro exposições  do gênero também ficam em cartaz até 14 de junho no MIS. “Perto do Rio Tenho Sete Anos”, de André Gardenberg, procura traduzir a paisagem do pantanal matogrossense eternizada na literatura pelo poeta Manoel de Barros (1916-2014). Enquanto isso, “Rastros 1” mostra em 30 fotos em filme negativo colorido os passos de Roberto Frankenberg, brasileiro radicado na França, atrás da história de sua família judaica deportada durante a Segunda Guerra.

A mostra “Lambe-Lambe: os Fotógrafos de Rua na São Paulo dos Anos 70” celebra os 45 anos do MIS e resgata uma das primeiras coleções do acervo do espaço, com cerca de 80 ampliações e 80 cromos coloridos sobre a arte dos fotógrafos de rua.

Há ainda a exposição “Formas Urbanas”, de Igor Garbin, que integra a série Nova Fotografia e apresenta 20 imagens em preto e branco que retratam São Paulo por ângulos inusitados.

Serviço: No MIS (av. Europa, 158, Jardim Europa, tel.: 2117-4777). De ter. a sáb., das 12h às 21h, dom. e feriados, das 11h às 20h. R$ 6. Até 14/6.

[metrogallerymaker id=”656″]