logo
Entretenimento
Entretenimento 05/04/2015

Jon Hamm fala ao Metro sobre últimos episódios da série ‘Mad Men’

Faz quase um ano que Jon Hamm deixou de interpretar Don Draper. Mas, dado que a sétima temporada de “Mad Men” teve sua exibição dividida entre dois anos, o ator fala ainda sobre o publicitário com sérias dificuldades de relacionamento, apesar de não soltar nada sobre o que se passa com ele nos últimos sete episódios, que começam a ser exibidos nesta segunda-feira, às 21h, no canal pago HBO. Hamm falou sobre o processo de luto que viveu quanto à série e a dificuldade de Draper em mudar.

Don desiludido
“Don perdeu seu vínculo mais importante com a realidade, que era seu trabalho. Quando ele retorna e percebe que ninguém sentiu falta dele, bate um sentimento terrível. E perder Bert [Cooper, vivido por Robert Morse] não apenas afetou seu poder na agência, mas foi mais uma perda dentro de uma série de pessoas que acreditavam nele.”

Fim da série 
“Você passa pelas cinco fases do luto. Isso aconteceu há oito meses, então houve todo um processo de desapego. Entre aquele momento e agora, as pessoas fizeram filmes, peças e tocaram suas vidas. Mas dizer adeus foi real. Significou entrar no mesmo set no qual entrei oito anos atrás e perceber: ‘Que droga, acabou.’”

Avesso a mudanças 
“Ele luta contra uma porção de coisas e, às vezes, quer mudar, mas não deseja realmente que isso dê certo. Porque o trabalho para isso é uma droga. Ele machuca. E envolve um monte de m***** com as quais você não quer lidar.”

Papai Don
“Don tem plena ciência do que fez, está fazendo e irá fazer com seus filhos. Ele viu isso acontecer com ele mesmo e não quer ser um pai ruim, mas, às vezes, você não pode evitar que isso aconteça. Acho que ele, como qualquer homem de sua geração, tem dificuldade de expressar sentimentos. Essa é uma de suas lutas, e ele vai precisar trabalhar bastante contra isso.”

Sobre spoilers 
“Eu poderia dizer com precisão a última cena de ‘Mad Men’ para você. Mas por que isso seria divertido? Além do fato de você saber algo que ninguém mais sabe? Ler a última página de um livro não lhe conta nada de verdade. Matthew [Weiner, criador da série] me falou como acabaria há quatro anos, mas não disse como chegaríamos a isso.”

Cena ou episódio favorito
“Não há cena favorita. Não há episódio favorito. Acho que o piloto é muito bom para um piloto. Você tira muita coisa dali apenas em 48 minutos.”