Entretenimento

Retrospectiva da artista suíça Mira Schendel chega à Pinacoteca

Sem título (1966) | Divulgação
Sem título (1966) | Divulgação

Responsável por reinventar a linguagem do Modernismo Europeu no Brasil, ao lado de Lygia Clark e Helio Oiticica, a artista suíça naturalizada brasileira Mira Schendel (1919-1988) ganha retrospectiva a partir desta quinta-feira, na Pinacoteca.

A exposição foi apresentada em 2013 no Tate Modern, em Londres, e chega ao país com a adição de outros trabalhos, como das séries Bordados e Naturezas-mortas (década de 1960), além de obras do acervo do Museu de Arte Contemporânea da USP.

A mostra será apresentada em ordem cronológica, com cerca de 300 obras, entre pinturas, desenhos, esculturas e instalações, todas criadas entre 1950 e 1987.

Serviço: Na Pinacoteca (pça. da Luz, 2, Luz, tel.: 3324-1000). Abre nesta quinta-feira. De ter. a dom., das 10h às 17h30 (qui. até as 22h). R$ 6 (grátis sáb. e qui. após as 17h. Até 18/10.

mira-2
Sem título (1962) | Thomas R. DuBrock/Divulgação

mira-3
Sem título (1974) | Isabella Matheus/Divulgação

mira-4
Sem título (1964) | Max Schendel/Divulgação

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos