Entretenimento

Diretor de documentário vencedor do Oscar comete suicídio

Malik Bendjelloul ganhou o Oscar em 2013 | Anders Wiklund/TT News Agency/Files/ Reuters
Malik Bendjelloul ganhou o Oscar em 2013 | Anders Wiklund/TT News Agency/Files/ Reuters

O diretor sueco Malik Bendjelloul, cujo documentário «À Procura de Sugar Man» venceu o Oscar no ano passado, se matou, confirmou sua família, dando início a uma série de homenagens a um homem que «corria o mundo em busca de histórias para contar».

A polícia disse que Bendjelloul, que tinha 36 anos, morreu na terça à noite em Estocolmo. Seu irmão depois confirmou os relatos da mídia local sobre o suicídio do diretor.

«Eu posso confirmar que meu irmão tirou a própria vida», disse Johar Bendjelloul em uma mensagem de texto à Reuters.

«À Procura de Sugar Man», montado como um enigma, segue dois jornalistas sul-africanos que tentam encontrar o cantor norte-americano Sixto Rodríguez, após ele ter desaparecido dos olhos do público.

Rodríguez nunca teve reconhecimento nos EUA, mas à sua revelia se tornou um popular e influente ícone musical na África do Sul.

«À Procura de Sugar Man» arrematou a maioria dos prêmios do cinema dos EUA, incluindo o prêmio especial do júri e do público no Festival de Cinema de Sundance.

O documentário também ajudou Rodríguez, hoje com 71 anos, a ganhar notoriedade nos EUA, levando a uma retomada de sua carreira musical.

A Sony Pictures Classics, distribuidora do filme, fez nesta quarta uma das primeiras homenagens ao diretor.

«Muito como o próprio Rodríguez, Malik era um pessoa autêntica que corria o mundo em busca de histórias para contar», disse a empresa em comunicado.

«GÊNIO MISTERIOSO»

«Ele não buscava fama, fortuna ou prêmios, embora essas honrarias ainda assim tenham vindo em seu caminho e suas narrativas tenham obtido reconhecimento», disse o comunicado.

Colegas diretores também lamentaram a morte.

«Ele fez um grande filme e sua falta será sentida», escreveu o cineasta Michael Moore no Twitter.

Bendjelloul nasceu na cidade de Ystad, perto de Malmo, no sul da Suécia, de acordo com a base de dados cinematográficos IMDB.com.

Ele também dirigiu documentários para a TV sobre os cantores Elton John, Rod Stweart e Bjork, assim como os pioneiros da música eletrônica Kraftwerk, informou o Insituto de Cinema Sueco.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos