Entretenimento

Emma Watson quer mostrar que pode ser maior que ‘Hermione’

Hermione cresceu. Quase três anos após o fim da franquia «Harry Potter», Emma Watson está aí para provar que há vida além de Hogwars. «Ainda preciso mostrar às pessoas o que posso fazer longe de ‘Harry Potter’. Não acho que já tenha chegado lá, mas estou quase», diz a estrela de «Noé» ao Metro Jornal durante a première do filme em Madri. O filme, que traz Russell Crowe no papel do homem designado por Deus para construir uma arca e salvar a humanidade de um dilúvio, chega nesta quinta-feira aos cinemas brasileiros.

Leia também
• Russell Crowe discute a fé na megaprodução ‘Noé’

Há bastante burburinho em torno de «Noé». Os produtores pesquisaram muito e chegaram a várias versões diferentes do roteiro. O maior problema é que, na Bíblia, a história de Noé tem tipo meia página. Então, basicamente, fizemos um filme de três horas a partir de três parágrafos.

Sua personagem, Ila, tem uns dreadlocks bem legais. Como surgiu essa ideia?
Decidimos usar apliques para os dreadlocks, o que foi bem difícil, na verdade, porque, na época, meu cabelo real estava bem curto. O bom é que não tínhamos chuveiros ou banheiros no set, então tudo funcionou bem no final (risos).

Como você descreveria o filme?
Pessoalmente, acho a história de Noé um pouco melosa. Mas quando o roteiro é escrito por alguém como Darren Aronofsky («Cisne Negro»), você sabe que vai fazer algo especial. Eu diria que o filme é mais um estudo sobre pessoas que se encontram em um mundo futurístico e apocalíptico.

O que há de melhor em estar nos seus 20 e poucos anos?
Não tenho mais medo de assumir novos papéis. Estou mais confiante e mais focada agora do que antes e também aprendi que nem tudo na vida tem a ver com trabalho. Fama tem o poder de embaçar a realidade. Foi por isso que escolhi dar um passo atrás e ir estudar, abrindo espaço para que eu pudesse pensar sobre o que eu realmente queria fazer. Agora volto ao mundo da atuação com uma cabeça diferente.

Você está estudando e trabalhando ao mesmo tempo. Como está a universidade?
Me formo pela Universidade Brown em maio e estou contente de ter tirado um tempo para estudar. Tenho o resto da vida para fazer filmes e sinto que já aprendi bastante só por ter morado sozinha em outro país. Acho que estou no ponto em que conquistei um equilíbrio entre minha vida pessoal e profissional.

Você gosta de estar no centro das atenções ou prefere distância disso?
Sou famosa desde criança, mas a verdade é que sou muito caseira. Adoro jantar com meus amigos em casa, um lugar onde eu posso apenas cozinhar e conversar por horas. Isso não significa que eu não goste de sair. Significa apenas que tenho uma família que me mantém com os pés no chão.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos