logo
Coronavírus
/ Reprodução / Reprodução
Coronavírus 10/09/2021

Solução salina pode inibir reprodução do coronavírus, diz estudo da USP

Por : Metro World News

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) apontou que uma solução salina hipertônica na concentração correta inibe a replicação do vírus SARS-CoV-2, responsável pela covid-19.

A pesquisa foi feita com células epiteliais de pulmão infectadas com o novo coronavírus e mostrou que a solução inibe em até 88% a replicação do vírus no organismo do infectado, reduzindo a carga viral e diminuindo o risco da doença atingir um estágio mais agressivo e letal.

O resultado da pesquisa, no entanto, não representa uma cura para a covid-19 nem uma proteção total contra a infecção, alertaram os cientistas, mas se for comprovada nos testes clínicos, a descoberta pode se tornar uma eficiente arma para combater o avanço da covid-19.

LEIA TAMBÉM:

A solução hipertônica de cloreto de sódio já é amplamente usada como tratamento profilático adicional em casos de gripe, bronquiolite, rinite, sinusite e uma variedade de problemas nas vias aéreas. Como spray, o tratamento atinge as vias superiores, mas pode atingir o pulmão quando é aplicado na forma de nebulização.

“Trata-se de uma medida muito simples e barata, já utilizada como profilaxia para outras doenças respiratórias e que poderia minimizar a gravidade da COVID-19 ao reduzir a carga viral. Ela poderia ser adicionada aos protocolos de segurança, sem substituir o uso de máscaras, distanciamento social ou a necessidade de vacinação”, destacou diz Cristiane Guzzo, pesquisadora do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP).

O estudo contou com participação dos pesquisadores Edison Durigon , também do ICB-USP, e Henning Ulrich, do Instituto de Química (IQ-USP).