Covid-19: Como evitar ficar doente morando com alguém infectado

Por Camilla Viegas

Um estudo chinês publicado na revista The Lancet concluiu que a probabilidade de transmissão entre pessoas que moram juntas é de 17,1%. Já para pessoas que não moram juntas, mas que têm contato com um familiar doente, a probabilidade cai para 12,4%. Por último, a probabilidade de transmissão secundária é de apenas 2,4% em indivíduos que não vivem juntos.

Para os casos nos quais os pacientes de Covid-19 apresentam sintomas leves, o tratamento em casa requer uma série de cuidados, principalmente se o paciente morar com outras pessoas. Confira algumas medidas que podem evitar o contágio por outros membros da família.

Leia mais:

 

Se puder, mantenha o distanciamento
Em ambientes comuns como sala e cozinha, o ideal é manter o distanciamento físico de aproximadamente 1m. “Para famílias numerosas que moram em espaços pequenos, como um ou dois cômodos, não há como seguir o princípio básico de prevenção, que é manter o distanciamento físico de pelo menos um metro", explica Michelle Zicker, infectologista da Rede de Hospitais São Camilo, em entrevista ao UOL.

Isole o doente em um único cômodo
A pessoa infectada deve manter-se em um cômodo exclusivo, que deve ser ventilado e mantido com a porta fechada. O ideal é que ele tenha um banheiro exclusivo também, mas se essa não for a realidade, sempre que sair do quarto deve usar a máscara e higienizar com água e sabão ou álcool em gel as mãos antes de tocar em qualquer objeto.

Ao compartilhar o banheiro, o próprio paciente deve realizar a limpeza do cômodo toda vez após o uso. Deve-se tomar um cuidado extra com o vaso sanitário, pois o vírus também pode ser eliminado pelas fezes, e superfícies em que o paciente toca, como torneira e maçaneta.

Lavagem de roupas da pessoa infectada
As roupas sujas da pessoa doente devem ser colocadas em um cesto exclusivo para ela. Segundo a infectologista Rosana Ricthmann, do Comitê de Imunização da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), não é necessário que suas roupas sejam lavadas separadamente, exceto nos casos em que houver alguma secreção na peça. Apesar disso, ela ressalta que não é recomendado “sacudir” as roupas antes de colocá-las na máquina de lavar.

Limpeza do quarto e banheiro
Os cômodos ocupados pelo paciente devem ser limpos diariamente e o responsável pela limpeza deve usar máscara, luvas e deve desinfectar maçanetas, torneiras, interruptores, reciclados, mesas, cadeiras, vaso sanitário, entre outros objetos de uso pessoal da pessoa infectada. No caso das louças, o ideal é que o paciente tenha uma louça exclusiva.

Lixo da pessoa infectada
O paciente deve descartar o lixo em um saco plástico do lado de fora do quarto para que outra pessoa recolha, envolva-o em um segundo saco plástico e descarte como de costume. A infectologista Rosana diz que não é necessário o uso de luvas nesse processo, mas a lavagem das mãos após o descarte do lixo é obrigatória.

 

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo