Por que a H1N1 não parou tudo como o coronavírus?

Por Nathalia Marques

Neste momento, no qual o isolamento social é questionado, há muitas perguntas sobre o assunto e uma delas é: por que a H1N1 não parou tudo como o coronavírus? A BBC Brasil desenvolveu um vídeo explicando melhor o assunto e há motivos para isso.

Transmissão

Cada paciente com H1N1 era capaz de infectar de 1,2 a 1,6 pessoas. Já o paciente com covid-19 é capaz de infectar 2,9 pessoas.

Letalidade

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 3,4% dos pacientes infectados com covid-19 morrem e isso pode ser maior em alguns países.

Para entender melhor a letalidade, é importante lembrar que em 16 meses de pandemia, a H1N1 teve 493 mil casos e 18 mil mortes. O coronavírus, em apenas 4 meses, gerou 1,5 milhões de casos e matou 100 mil pessoas.

Falta de imunidade

Ninguém tem imunidade contra o vírus. Anderson Brito, pesquisador da Universidade de Yale, explica que pessoas com mais de 60 anos já tinham alguma imunidade ao H1N1 e isso ocorreu porque elas já tinham passado por duas pandemias de gripe.

Falta de medicamente ou vacina

No H1N1 já havia medicamentos aprovados que podiam ser usados nos pacientes. Já o coronavírus não há qualquer medicamento ou vacina.

Loading...
Revisa el siguiente artículo