Quase 4 mil funcionários da saúde são afastados por suspeita de gripe e coronavírus em SP

Por Rádio Bandeirantes

Quase 4 mil funcionários da rede municipal de saúde de São Paulo estão afastados do trabalho por apresentarem sintomas de gripe ou suspeita de coronavírus.

Veja também:
Auxílio emergencial gera longas filas e incerteza sobre receber o dinheiro
Árbitro de futebol atua como enfermeiro em hospital de MG

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, onze servidores já morreram desde a chegada da covid-19 à cidade.

No total, a Prefeitura tem 80 mil profissionais da área da saúde e 532 tiveram a confirmação da doença.

Loading...
Revisa el siguiente artículo