EPIs furtados em aeroporto vão ser doados para o governo estadual

Por Metro World News

Os EPIs (equipamentos de proteção individual) recuperados após o furto de uma carga importada da China serão doados para o combate à pandemia de coronavírus em São Paulo.

O crime ocorreu no dia 8 de abril, no aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, quando uma quadrilha levou 15 mil testes para coronavírus e milhares de máscaras, óculos de segurança, macacões, toucas, termômetros e frascos de álcool gel e líquido. Cinco pessoas foram detidas e a carga foi localizada e apreendida.

Veja também:
Correios lançam soluções para envio eletrônico de correspondências
‘Sessenta dias tendo que medir palavras; já chega’, diz Mandetta sobre ministério

A decisão de doar os equipamentos foi do TJ-SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo). O material será distribuído da seguinte forma:

• Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo: vai receber 20 mil frascos de álcool gel, 1,4 mil óculos de segurança, 1,2 mil macacões, 52 mil toucas, 25 mil máscaras, 139 galões de álcool líquido e 2,2 mil termômetros;

• Delegacia Geral de Polícia: vai receber 6 mil frascos de álcool gel, 45 mil máscaras e 139 galões de álcool líquido.

Já os testes voltaram à posse da empresa responsável pela importação – eles serão distribuídos em estados do Nordeste.

Loading...
Revisa el siguiente artículo