Covid-19: Japão pondera ajudar financeiramente profissionais do sexo

Por Metro World News

O Japão analisa incluir profissionais do sexo em um programa de compensação econômica. A agência de Kyodo informou que é "um programa de compensação para os setores mais vulneráveis".

Em um projeto inicial, o programa de apoio aos trabalhadores independentes ofereceria 4.100 ienes do dia (38 dólares) para aqueles que não podem sair de casa, pois precisam cuidar de seus filhos. Citando razões de segurança, o governo excluiu comissárias de bordo e profissionais do sexo do plano.

"O Ministério da Saúde disse que muitas empresas são ilegais e têm vínculos com sindicatos criminais”, acrescentou o relatório da Kyodo. Uma carta de um grupo de apoio a esses trabalhadores foi enviada ao governo pedindo "apoio sem discriminação da atividade realizada".

O governo reconsiderou a posição após a solicitação do grupo de apoio e de vários legisladores. "Eles estão trabalhando lá por várias razões e apenas algumas pessoas podem expressar suas preocupações. Muitas delas também são mães solteiras", disse o legislador independente Manabu Terada.

O país foi um dos primeiros, fora da China, a registrar casos de coronavírus, a Covid-19. A contagem da Universidade John Hopkins, nos Estados Unidos, é de 3.654 casos positivos de coronavírus no Japão, além de 85 mortes, uma das menores taxas de mortalidade associadas ao vírus.

Fonte: Publimetro. 

Loading...
Revisa el siguiente artículo