SP vai fazer novo hospital de campanha no complexo esportivo do Ibirapuera

Por Metro World News

O governo de São Paulo vai construir mais um hospital de campanha no complexo esportivo do Ibirapuera, na zona sul da capital paulista. O anúncio foi antecipado pela Rádio Bandeirantes e confirmado nesta terça-feira (7) pelo governador João Doria (PSDB) em coletiva.

O espaço terá 240 leitos de baixa complexidade, além de sala de descompressão, consultórios médicos e tomografia. A estrutura será montada no estádio do conjunto desportivo, pegando o campo e parte da pista de atletismo. As obras começaram no fim de semana e tem previsão de abertura no dia 1º de maio.

Veja também:
Autônomo pode baixar aplicativo a partir desta terça para auxílio de R$ 600
Coronavírus: 28% não praticam o isolamento social, diz Datafolha

Assim como no HMCamp (Hospital Municipal de Campanha) do Pacaembu, irão para o Ibirapuera os pacientes vindos de unidades de pronto atendimento. A implantação e administração do hospital será feita em convênio com o Seconci (organização social de saúde).

Serão contratados 800 profissionais para atuar no local. O orçamento é de R$ 12 milhões para construção e mais R$ 10 milhões mensais para o custeio da unidade.

"Com isso, nós teremos na capital de São Paulo três hospitais de campanha. A prefeitura, com apoio do Governo do Estado, inaugurou ontem o hospital de campanha do estádio do Pacaembu, com 200 leitos. No dia 15, abrirá o hospital de campanha do Parque Anhembi, com 1,8 mil leitos. E no dia 1º de maio, o hospital de campanha que abriremos no Complexo do Ibirapuera, com 240 leitos", disse o Governador. "No total, estamos acrescentando aqui na capital 2.240 leitos de baixa complexidade, fundamentais para liberarem as unidades de saúde para o atendimento da alta complexidade", disse Doria.

Loading...
Revisa el siguiente artículo