Por conta do coronavírus, aérea LATAM repatriou mais de 16 mil passageiros em voos especiais

Por Metro World News

O Grupo LATAM Airlines e suas subsidiárias já operaram, até o dia 30 de março, 115 voos especiais dentro do programa de repatriação da companhia, em virtude do coronavírus (covid-19).

Como revelado pela empresa, em comunicado, as ações possibilitaram o retorno de mais de 16 mil viajantes.

"Desde 19 de março, o programa, que conta com o apoio das autoridades, permite repatriar passageiros que não conseguiram concluir seu itinerário de viagem devido ao fechamento de fronteiras e outras restrições em diversos países causados pela crise de saúde", explicou.

Novos voos especiais

Nos próximos dias, a LATAM informou que já tem programados outros voos especiais, que permitirão o retorno dos passageiros à América Latina.

Somente para 1º de abril, trazendo passageiros brasileiros, já estão programados os voos Joanesburgo-São Paulo/Guarulhos, Lisboa-São Paulo/Guarulhos, além de Sydney-Santiago e Auckland-Santiago, ambos com conexão para São Paulo/Guarulhos.

Com informações da LATAM

Loading...
Revisa el siguiente artículo