logo
Colunistas
/ Reprodução / Reprodução
Colunistas 13/04/2021

Crianças introvertidas na pandemia: como ajudá-las?

Há mais de um ano, as aulas online passaram a ser a opção para as crianças estarem “dentro” das escolas. Os professores se reinventaram, superaram desafios, desenvolveram habilidades que nem sabiam que tinham. Mas será que as crianças se adaptaram? “Não temos uma resposta única”, diz a psicóloga Patrícia Nolêto. “Cada criança vive essa experiência de uma maneira e isso está diretamente ligado ao seu temperamento.” A especialista chama a atenção para crianças que têm um determinado tipo de temperamento: as introvertidas. Retraídas, tímidas e menos expressivas, elas tendem a ser as que enfrentam mais dificuldade na adaptação.

O papel do ambiente
“Há um ano o ambiente não tem sido tão facilitador para as crianças, principalmente para as com baixa extroversão”, afirma a especialista. Para as crianças introvertidas, desenvolver habilidades de socialização requer mais treino, mais estímulos do ambiente, mais modelagem feita por um adulto ou até mesmo por outra criança. “Pode ser a professora que abaixa ao lado dela e pergunta se ela tem uma dúvida, o olhar apoiador de um colega, um trabalho em dupla ou em grupo onde ela pode ver como as outras crianças se expressam, sugerem ideias e emitem opinião.”

Apoio é fundamental
“Se seu filho faz parte do grupo dos introvertidos, não critique, apoie”, orienta a psicóloga. “Proponha atividades que irão ajudá-lo, como cantar uma música bem alto, brincar de faz de conta e cada hora ser um personagem, aprender a tocar um instrumento, gravar vídeos e áudios no celular e mandar para os amigos e familiares, treinar formas diferentes de cumprimentar o vizinho no elevador.”

Há um caminho
Segundo Patrícia, a ideia é fazer atividades que treinem as habilidades sociais de um jeito divertido. Em tempos de ensino remoto, é ainda mais importante estimular esses exercícios em casa. Crianças introvertidas não vão se tornar adultos super extrovertidos. “Mas dependendo do caminho que trilharem, enquanto crescem, podem se tornar capazes de expressar e comunicar o que precisam sem ficar se escondendo para sempre atrás da barra da saia da mãe.”


A cangurunews.com.br é uma plataforma de conteúdo sobre primeira infância para mães, pais, avós, cuidadores e educadores. A Canguru no Metro é publicada todas as terças-feiras, sempre neste espaço.