Amanhã é o Dia Internacional do Yoga: pratique em casa, de graça

Por Angélica Banhara

Acredita-se que o yoga surgiu há cerca de 5 mil anos, mas a prática e seus benefícios estão mais atuais do que nunca. Com mais de 100 dias de quarentena e isolamento social por conta do coronavírus, a importância do equilíbrio físico e mental está na ordem do dia.

“O yoga pode ser uma ferramenta poderosa para aliviar os sintomas de ansiedade, estresse e trauma, especialmente durante esse período de pandemia”, afirma Amit Kumar Mishra, cônsul geral da Índia em São Paulo. “É muito mais do que posturas físicas: o yoga traz benefícios para o desenvolvimento físico, mental e espiritual”, completa.

Para estimular a prática do yoga e comemorar o Dia Internacional do Yoga (21 de junho), o Consulado Geral da Índia e o Centro Cultural Swami Vivekananda planejaram uma série de atividades on-line gratuitas amanhã (veja abaixo).

yoga programação Divulgação

A Assembléia Geral das Nações Unidas declarou 21 de junho como o Dia Internacional da Yoga em 2014, por sugestão do Primeiro Ministro da Índia, Narendra Modi. “O yoga é um inestimável presente da antiga civilização indiana ao mundo. Ela personifica a união entre mente e corpo; pensamento e ação; limitação e realização; harmonia entre o homem e a natureza; uma abordagem holística à saúde e bem-estar. Não se trata de exercício, e sim da descoberta do senso de unidade conosco, com o mundo e a natureza”, declarou Modi na época.

O dia 21 de junho foi escolhido por ser o solstício de verão, o dia mais longo do ano no Hemisfério Norte, com um significado especial em muitas partes do mundo.

Sobre o yoga

A palavra YOGA, deriva da raiz sânscrita "yuj", unir, juntar, ligar. Significa a arte de unir mente, corpo e espírito e reconectar-se à essência, integrar. Sua prática visa o aprimoramento intelectual, físico e ético, o que faz do yoga um estilo de vida e uma das filosofias mais antigas do mundo.

Esqueça as imagens de pessoas em posturas complicadas e contorcidas: essa não é a essência do yoga. Durante a aula, executamos as posturas (asanas) em sincronia com a respiração nasal, buscando ampliar a consciência do nosso corpo e da nossa mente. O exercício de se fazer presente aqui e agora e a atenção plena voltada para a prática física e respiratória levam à conexão corpo e mente.

No livro "Ayurveda, Cultura de Bem Viver", a especialista em yoga Marcia de Luca aponta alguns dos  benefícios da prática.

  • equilibra a produção hormonal,
  • reduz a pressão sanguínea e os níveis de colesterol,
  • melhora a qualidade do sono,
  • fortalece o sistema imunológico,
  • aumenta a capacidade de concentração e criatividade,
  • melhora a qualidade de vida,
  • controla a ansiedade e o estresse,
  • aumenta a flexibilidade, o alongamento e, dependendo da modalidade, também trabalha a força, o equilíbrio e o tônus muscular.

"Praticar yoga e meditar são maneiras efetivas de reduzir o estresse e a ansiedade e aprender a lidar melhor com momentos de crise e situações estressantes”, afirma Elisa Kozasa, pesquisadora do Instituto do Cérebro do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

Kozasa, que estuda a influência da prática de yoga meditação no cérebro e na saúde, cita alguns estudos que comprovam os benefícios da prática regular de yoga.

O Instituto do Cérebro publicou dois estudos no periódico Frontiers in Aging Neuroscience que sugerem que a prática regular de yoga melhora a atenção, a memória e preserva a capacidade de aprendizagem e aquisição de conhecimento.

Os estudos foram realizados com mulheres de mais de 60 anos, com nível superior, praticantes de yoga há pelo menos oito anos, comparando-as com mulheres da mesma faixa etária e nível educacional, não-praticantes de yoga.

No primeiro estudo, o resultado principal foi que as praticantes de yoga tinham o córtex cerebral mais espesso em regiões ligadas à atenção e memória operacional. É importante lembrar que a atenção e a memória costumam declinar com o processo de envelhecimento.

O segundo estudo, feito com o mesmo grupo de mulheres, mostrou que áreas frontais e posteriores do cérebro tinham maior conectividade nas mulheres que praticavam yoga. Isso significa maior preservação cognitiva, ou seja, da capacidade de aprendizagem e aquisição de conhecimento.

Outro estudo mostrou a eficácia da prática de yoga e meditação na redução do estresse. Ele foi realizado com cuidadores de pacientes com doença de Alzheimer. "O risco de morte aumenta quando você se torna um cuidador principal de um doente com Alzheimer. Esses cuidadores estão morrendo antes dos pacientes”, conta a pesquisadora.

Cuidadores com alto nível de estresse foram divididos em dois grupos e para um deles foi proposto um treinamento com yoga e meditação da compaixão. Depois de dois meses, o grupo que passou pela intervenção (yoga e meditação) já não apresentava mais quadro de estresse. "O nível de cortisol desse grupo caiu pela metade. O resultado foi tão bom que acabamos criando um curso de treinamento para cuidadores de pacientes com Alzheimer”, diz Kozasa.

Comece amanhã!

O yoga é democrático: pode ser praticado por pessoas saudáveis de todas as idades.

Para conhecer mais e vivenciar a prática do yoga, confira a programação on-line do gratuita oferecida pelo Consulado Geral da Índia e pelo Centro Cultural Swami Vivekananda.

Facebook Centro Cultural Swai Vivekananda

Consulado Geral da Índia

Youtube Centro Cultural Swami Vivekananda, São Paulo

O Studio Superioga Paulo Junqueira oferecerá uma aula especial de Superioga gratuita on-line amanhã, às 10 horas, ministrada por dez professores. O Superioga é um método de yoga desenvolvido a partir das posturas clássicas do Hatha Yoga – com séries e dinâmicas especiais para trabalhar força, flexibilidade, equilíbrio e alongamento, tudo conectado com a respiração.

Superioga Divulgação
Loading...
Revisa el siguiente artículo