Colunistas

Alerta do dia Mundial sem Tabaco

Hoje, comemora-se o Dia Mundial sem Tabaco. O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo.

A OMS estima que um terço da população mundial adulta, isto é, 1,2 bilhão de pessoas (entre as quais 200 milhões de mulheres), sejam fumantes, fora os fumantes passivos. Pesquisas comprovam que aproximadamente 47% dos homens e 12% das mulheres do mundo fumam.

No Brasil, são 200 mil mortes anuais e as estatísticas apontam que 90% dos casos de câncer no pulmão estão relacionados ao fumo.

Doenças
O cigarro está relacionado com cânceres de boca, laringe, faringe, esôfago, pulmão, estômago, bexiga urinária, pâncreas, fígado, colo uterino, cólon e reto. Além do câncer, o cigarro está relacionado com doença coronariana, danos nos pulmões (doença pulmonar obstrutiva crônica), acidente vascular cerebral, complicações na gravidez, aneurisma arterial, trombose vascular, úlcera no estômago e impotência sexual no homem.

Nicotina
É a substância que causa a dependência do tabaco. Ela produz uma sensação de prazer semelhante a de drogas como heroína e cocaína. Após uma tragada de cigarro, a nicotina leva de 7 a 9 segundos para chegar ao cérebro e causar a liberação de substâncias que trazem sensação de prazer. Esse efeito dura por volta de 30 minutos e é seguido de depressão e fadiga. A abstinência leva a agressividade e nervosismo. São necessárias doses cada vez maiores para se obter este prazer. As clínicas da família do município do Rio de Janeiro possuem programas de combate ao tabagismo que ajudam as pessoas a combater este vício. Fique bem, cuide-se bem!

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos