Colunistas

Saudável na dose certa

edimilson-migowskiO café é, há mais de mil anos, uma das bebidas mais apreciadas e consumidas em todo o mundo.  A bebida tem praticamente 0% de calorias. É uma grande fonte de cafeína, constituindo 95% do mesmo. Alguns minerais também estão presentes no café, tais como o sódio, tiamina, niacina, ácido fólico, fósforo, magnésio, manganês, potássio e riboflavina. O café contém cerca de mil tipos de compostos químicos e é uma fonte de antioxidantes. É importante ressaltar que o consumo deve ser moderado. O excesso de cafeína tem efeitos colaterais, como insônia, nervosismo e alteração do ritmo cardíaco.

Benefícios

O consumo de café ajuda na melhor eficiência do fígado. Isso reduz o risco de colangite esclerosante primária, que pode levar a cirrose do fígado e insuficiência hepática. Ele também reduz a ocorrência de carcinoma hepatocelular, que é uma forma de câncer de fígado. Café melhora a memória. Mostrou-se que pode prevenir a demência e doença de Alzheimer em pessoas idosas. A bebida ajuda a melhorar o humor e alivia o stress. Além disso, ajuda a queimar gordura por causa da cafeína e eleva a taxa metabólica em até 11%, ajuda o seu cérebro a trabalhar de forma mais eficiente e diminui em 21% os riscos de desenvolver doenças de coração. Pessoas que bebem café com frequência têm menos chances de desenvolver diabetes tipo 2, Alzheimer e Parkinson.

Recomendações

A quantidade recomendada de café varia entre três e quatro xícaras de 50 ml por dia para pessoas saudáveis.  Gestantes devem evitar o consumo de cafeína, isto porque a bebida aumenta as secreções gástricas e também faz com que o risco de refluxo seja maior. Crianças também devem evitar o consumo da bebida devido à irritação que ela pode causar no estômago. Fique bem, cuide-se bem!

cafe cafeina

Professor de Medicina e presidente do Instituto Vital Brazil, Dr. Edimilson Migowski escreve às quartas-feiras. 

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos