Colunistas

Abatimento de Dilma impressionou Michel Temer

humberto1 Claudio Humberto colunista grande twitterO vice Michel Temer saiu do encontro com a presidente Dilma Rousseff muito impressionado com o que encontrou: uma mulher abatida, amargurada, esgotada, mas curiosamente sem mágoa, nem raiva, e também sem a menor vontade ou talento para fazer política. Calada. Pareceu a Michel Temer, segundo interlocutores próximos, que Dilma não se importou em mostrar-se derrotada, ainda que não o admita.

Sem ânimo

Amigos de Temer temiam que ele fosse recebido com o conhecido jeito búlgaro de ser Dilma, mas ela já não tinha ânimo nem para grosserias.

Sem expectativas

A falta da virulência de Dilma, no encontro com Temer, pode ser um sinal de que ela não alimentava expectativas de reconciliação.

Reflexo

Um ex-ministro ligado a Temer ironizou: “Talvez ela estivesse abatida pelo reflexo das mechas brancas do Delcidio…”

Relações férteis

À saída da reunião, com a delicadeza com que trata até os adversários, Michel Temer prometeu “relações férteis” com a presidente.Captura de Tela 2015-12-10 às 21.05.42

Historiadora: ossadas não identificadas são farsa

A historiadora Myriam Luiz Alves, que desde 1996 participa de expedições à procura de restos mortais de guerrilheiros no Araguaia, diz que integrantes da Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos Políticos e da Secretaria de Direitos Humanos (SDH), da Presidência da República, sabem o paradeiro de ossadas que sumiram do Hospital Universitário de Brasília (HUB). “Isso é uma grande farsa”, diz ela, ex-militantes do PCdoB, partido que protagonizou a guerrilha do Araguaia.

Propaganda

Myriam acha que a Comissão e a SDH não identificam ossadas porque “luta contra ditadura” é assunto útil para a imagem do governo petista.

Vil metal

A suspeita é de roubo das ossadas de dois guerrilheiros, há dois anos, para forçar o aumento do valor da indenização a ser cobrada da União.

Bolada lotérica

A Justiça fixou em 2003 multa diária para forçar o governo a achar as ossadas. Acumulada e corrigida, a multa soma hoje R$ 200 milhões.

Olho no olho

Os ministros Jaques Wagner (Casa Civil), Ricardo Berzoini (Governo) e José Eduardo Cardozo (Justiça) participaram de parte da reunião entre Dilma e Michel Temer. Na hora da lavação de roupa, tiveram que sair.

A bicicleta de Temer

O senador Álvaro Dias (PSDB-PR) pediu informações ao Tribunal de Contas da União sobre “pedaladas” de Michel Temer. Beiram os R$ 11 bilhões os decretos que fizeram o vice assinar em ausências de Dilma.

Ressarcimento

O presidente da CPI dos Fundos de Pensão, deputado Efraim Filho (DEM-PB), diz que a comissão vai tentar recuperar R$ 1 bilhão do Bank of New York Mellon, para ressarcir investimentos do Postalis. O BNY já pagou US$ 714 milhões para suspender processos idênticos, nos EUA.

Disputa no ninho

Após o impeachment, tucanos mudaram os rumos da eleição para líder da bancada, em 2016. Concorrem Jutahy Júnior (BA) e Antônio Imbassahy (BA). Aécio Neves luta contra Jutahy, aliado de José Serra.

Vinho abre o bico

O incidente entre Kátia Abreu (Agricultura) e José Serra (PSB-SP) foi uma piada sem graça contada por quem não tem senso de humor,  temperada com taças de “in vino veritas” que ambos bebericavam.

Tolerância quase zero

Em geral gentil, o senador Romero Jucá (PMDB-RR), adepto declarado do impeachment, foge do tema deixando jornalistas falando sozinhos. A menos que sejam do sexo feminino. Aí ele se derrete em cordialidade.

Fé em Deus

A CNBB desautorizou nota da sua Comissão de Justiça e Paz que condenava o impeachment. Isso porque o Palácio do Planalto aproveitou e reproduziu a nota na rede, apesar do ateísmo da chefa.

Lula, o inimputável

A Justiça quebrou sigilos do ex-ministro Gilberto Carvalho, braço direito de Lula, e do filho dele, Luís Cláudio, no caso da venda de medidas provisórias no governo petista. E Lula nem sequer é investigado?!

Pensando bem…

…se impeachment virou “golpe”, então o Brasil é um país de mais de 70% de “golpistas”: é o percentual dos que querem a destituição de Dilma segundo as pesquisas.

Captura de Tela 2015-12-10 às 21.05.54

Com Gabriel Garcia, Rodrigo Vilela e Tiago Vasconcelos

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos